Cidades

Policia Ambiental De Catanduva Prende Caçadores Com Carne De Anta

Na noite de domingo (17) a Policia Ambiental recebeu uma denúncia anônima e a equipe saiu para averiguar a possibilidade da veracidade das informações, pois se tratava de caçadores com carne de anta.
A patrulha que já estava em monitoramento de dois indivíduos que estariam caçando anta no Bairro Cervo Grande na noite de domingo. Quando a equipe chegou ao local, eles já estavam desossando o animal. Além disso, os patrulheiros constataram uma grande quantidade de carne já ensacada, onde o morador F. N., confessou tratar-se de carne de anta, e que o restante da carne e as armas utilizadas na caça estariam na casa do outro caçador, João Antônio de Freitas.
Segundo as informações da Policia Ambiental, eles seguiram para o local indicado e constataram com êxito em localizar o restante da carne que somadas aferiram 86 kilos, e duas espingardas, sendo uma de calibre 22 e uma de calibre 36, mais munições.
Os patrulheiros deram voz de prisão em flagrante delito aos infratores, e apresentados a Delegacia de Plantão de Novo Horizonte, onde o Delegado Luís Fernando Calmon Ribeiro ratificou a prisão com multa de R$ 43 mil.
A anta está nas listas de extinção e considerado como vulnerável pela União Internacional para a Conservação da Natureza e dos Recursos Naturais, mas seu estado de conservação varia ao longo de sua distribuição geográfica sendo crítica na Argentina, nos llanos da Colômbia e regiões da Mata Atlântica brasileira.
Desapareceu no limite sul de sua distribuição geográfica, da Caatinga e das regiões próximas aos Andes. É ameaçada principalmente pela caça predatória, por ter um ciclo reprodutivo muito lento e conversão de seu habitat em campos cultivados. Apesar disso, ainda ocorre em muitas unidades de conservação e em zoológicos.

Ariane Pio
Da Reportagem Local