Início - PENEIRA FINA 27/09/2020
Cidades

PENEIRA FINA 27/09/2020

QUE RUFEM OS TAMBORES
A partir de hoje os candidatos já poderão fazer comícios, carreatas e propaganda na internet seguindo as regras estipuladas pelo Tribunal Eleitoral. O horário eleitoral na TV e no Rádio só começa em 9 de outubro, portanto, É DADA A LARGADA!

JÁ TEREMOS CARREATA
Logo hoje, primeiro dia de campanha, Ricardo Rebelato(PP) promoverá a primeira carreata dentre os candidatos. Os carros sairão da Av. Mogi das Cruzes ao lado do Aeroclube de Catanduva as 9:30 horas percorrendo os bairros da cidade.

REUNIÃO CALOROSA
Na ultima sexta-feira(25), os candidatos a vereadores pelo PSDB se reuniram com o candidato a prefeito Padre Osvaldo(PSDB) para tratar de detalhes da campanha. Acontece que, houve um princípio de “fogo no parquinho” por conta de correligionários que andam “inflamados” por conta da presença do PDT coligado de ultima hora para apoiar o padre.

NA PRÁTICA
Entre os candidatos do PDT vieram algumas estrelas que ocuparão espaço “no céu do padre” dividindo (eleitoralmente) este mesmo espaço com as estrelas do PSDB. São mais candidatos para tirar fotos abraçando o padre e agregando seus nomes e imagens a imagem do ex-pároco. Ficou um tipo de “pouco céu pra muita estrela” e isso pode causar umas faíscas entre os rivais que terão que andar juntos.

RENOVAÇÃO PELA RENOVAÇÃO?
Como sempre começam a surgir nas redes sociais campanhas para renovação total de nossos quadros políticos. É verdade que essas campanhas são feitas em sua imensa maioria por políticos e seus apoiadores que apenas pretendem ocupar as vagas daqueles que já estão no Poder. É a velha disputa por uma nova “boquinha”. Mas a pergunta que fazemos é se apenas a renovação, sem analisar outros critérios, seria o melhor para o eleitor? Entendemos que não!

QUALIFICAÇÃO E INOVAÇÃO
Defendemos que aqueles que ocupam funções públicas de forma qualificada, apresentando propostas e projetos inovadores, realizando que é necessário, se posicionando sem medo, de forma a beneficiar a vida das pessoas e da cidade devem ter o reconhecimento do eleitor. Devemos premiar os bons e afastar os maus políticos, caso contrário iremos ser injustos e desmotivar pessoas honestas e dignas que atuam na vida pública. Colocar novos políticos despreparados, omissos e em suas vidas particulares nunca se preocuparam com o futuro da cidade não é o melhor caminho, eles não merecem o voto de confiança do eleitor! São apenas NOVOS oportunistas!

RELAÇÃO DE CONFIANÇA
Você trocaria seu dentista, seu médico, seu funcionário, seu eletricista, seu pedreiro etc que é da sua confiança exclusivamente pela mudança, pela renovação? Contrataria alguém só porque ele é “bonzinho”? É claro que não! Queremos pessoas competentes, que confiamos e que temos certeza que prestarão um bom serviço. Nestas eleições devemos adotar a mesma lógica e votar em quem tem melhores condições de conduzir Catanduva para um futuro melhor, seja no Executivo ou Legislativo, que esteja preparado para propiciar maior desenvolvimento econômico e humano! Em resumo temos que olhar a capacidade e histórico do candidato, reconhecendo quem já demonstrou possuir e substituindo quem não está à altura do cargo que ocupou!

NA ATUAL CONJUNTURA
Nas ultimas eleições para deputados, elegemos muita gente nova tanto em idade quanto em carreira política. “Foi a vez” de elegermos blogueiros, manifestantes do “fora esse ou fora aquele,” “famosinhos” etc.

O RESULTADO
Após quase dois anos desses eleitos para defender os interesses dos eleitores para o bem comum, notamos uma outra realidade: Muito barulho e pouca eficácia fora os gastos exorbitantes com seus respectivos gabinetes. É patético quando em uma reunião importante com um(a) deputado(a) o “dito cujo” pede para a plateia “se ajeitar” para o vídeo dele(a) ficar bonitinho. Já que não funcionou a troca, vamos olhar as biografias dos candidatos pretendidos e seus curriculuns para ver o que já fizeram sem estarem em cargos públicos. Se fizeram algo ocupando cargo ganhando alto salário pra isso, não vemos muito que creditar a esse candidato.

CURRAL ELEITORAL?
A decisão do Ministério Público de solicitar o encerramento do Programa Municipal “Frente Cidadã” caiu como uma bomba na Prefeitura e também em alguns gabinetes da Câmara Municipal. Por várias vezes o programa foi criticado por vereadores, já que não era voltado para pessoas carentes, nem cumpria com sua função de capacitar profissional. Vários vereadores há anos vêm denunciando o programa, dizendo que a atual gestão Macchione/Marta utilizavam como um “cabide de empregos”, alojando ali apadrinhados políticos. E denunciavam também que dois vereadores, um apaixonado e outro que está há muitos anos na Câmara, eram os que mais teriam indicado pessoas para o programa em troca de apoio incondicional aos projetos do Prefeita. Pelo sim e pelo não a Promotoria de Justiça quer acabar com o “trem da alegria” e encerrar de vez qualquer tentativa de “curral eleitoral” nestas eleições. Com a devida vênia, se o intuito da Promotoria não foi esse, o promotor atirou no que viu e acertou no que não viu.

VÃO GANHAR TEMPO?
Será que Marta cumprirá a determinação do Promotor de Justiça ou vai dar uma enrolada, buscando ganhar tempo? Quando é para tirar direito do cidadão e dos servidores a Prefeita age imediatamente, mas quando é para tirar os “indicados”, segundo denúncias de outros vereadores e de pessoas que foram rejeitadas pelo programa, a Prefeita não tem a mesma agilidade. Será que vai extinguir somente após as eleições? Quantas pessoas perderam seus salários e quem perderá seus votos? Veremos… veremos!

PROCUPANTE
Independentemente de política, o Programa Frente Cidadã tem ajudado a manter várias famílias que tem ele como única fonte de renda mas o artigo 1 da lei municipal Nº 5.382/2013 diz que o Programa Bolsa Qualificação para o Trabalho Denominado “Frente Cidadã”, de participação temporária e caráter assistencial, que tem como objetivo resgatar os vínculos social e produtivo de trabalhadores de ambos os sexos, desempregados e à promoção de ações articuladas do Poder Público e das entidades assistenciais no Município de Catanduva. No artigo 2 diz que será executado em 02 (dois) módulos diferentes e independentes: a saber “MÓDULO TEÓRICO – PRÁTICO” e “MÓDULO TEÓRICO”, exclusivamente o que segundo a promotoria, não foi oque realmente foi feito.