PENEIRA FINA 23/05/2020

Mais de 100
Catanduva tem agora 101 casos confirmados de pacientes que foram infectados com o novo coronavírus. No boletim divulgado na tarde desta sexta-feira, um óbito que estava em investigação foi descartado para a Covid-19. Outro ainda segue em investigação. Ao comparamos 30 dias. O boletim divulgado em 22 de abril e o de ontem, tivemos um aumento de 1.022 % de casos neste período. No dia 22 de abril eram 09 pacientes confirmados com a Covid-19. Naquela data tínhamos 3 mortes confirmadas. Atualmente são 08.

Feriado
Com a aprovação da antecipação do feriado de 09 de julho para o próximo dia 25 de maio, os catanduvenses devem ficar atentos a serviços que não estarão disponíveis. Um dos exemplos é o transporte coletivo municipal. Um aviso foi colocado no Terminal Urbano informando sobre a não circulação de ônibus na data.

Galerias
Galerias pluviais continuam sendo construídas na cidade. De acordo com o secretário de Obras e Serviços, engenheiro Marco Antônio Machado, no Jardim do Lago o trabalho segue para a reta final. As equipes atuam entre as ruas Minas Gerais e Recife. A primeira etapa do serviço foi desenvolvida na rua Recife, entre a Macapá e Benedito Zancaner. O investimento é de R$ 463,5 mil, fruto de recursos do município e que vieram dos royalties da exploração de petróleo e gás natural.

Outra
O segundo ponto que recebe as melhorias é a rua 24 de Fevereiro, região central. A implantação das galerias é o início de um trabalho que deve ser estendido até a rua Belém, para oferecer condições da via receber as águas pluviais daquele trecho. O serviço é semelhante ao desenvolvido nas ruas 13 de Maio e Ceará. Essa primeira etapa começou na avenida São Domingos e segue até a rua Alagoas, com investimento de R$ 400 mil, resultado de contrapartida da MRV.

São Francisco
Outra área que também conta com o trabalho fica no São Francisco. O serviço é executado atualmente nas ruas Porto Alegre e São Luis, entre as ruas Ilhéus e Jundiaí. Os recursos de R$ 557,2 mil investidos são do Tesouro Municipal. “Escolhemos essa época do ano para executar essas três importantes obras na cidade com o objetivo de concluir os trabalhos antes do período em que temos maior volume de chuva”, destaca o secretário.

Mongaguá
Enquanto isso, as obras que deveriam ser realizadas no Jardim Alpino foram interrompidas. Ontem a prefeitura publicou a não aceitação de recurso movido pela empresa que era a responsável pela obra de galerias. Recentemente, a administração também publicou a rescisão de contrato unilateral com a empresa de Bebedouro, aplicando multa de 10% e a suspensão do direito de licitar e contratar com o município.

IPMC
O IPMC começou a divulgar informações solicitadas pelos pré-candidatos a prefeitura de Catanduva em seu site. Quem quer saber como está a situação do IPMC neste momento, só dá uma olhada no portal. Ontem, mais informações foram atualizadas.

Nota dos Correios
Os Correios reiteram que a atuação da empresa em apoio ao cadastramento de interessados em receber o Auxílio Emergencial não se iniciará no dia 25 de maio. As agências estão, nesse momento, em processo de adaptação dos sistemas para realização do serviço. A data de início do atendimento, as formas de acesso da população e demais procedimentos serão amplamente divulgados pelos canais oficiais da empresa.

Seguro
O Senado aprovou por unanimidade, com 77 votos, a inclusão das mortes decorrentes da pandemia de coronavírus na cobertura dos seguros de vida ou invalidez permanente. O mesmo se aplica à assistência médica ou hospitalar para os planos de saúde nos casos de infectados pela covid-19. O projeto ( PL 2.113/2020 ), da senadora Mara Gabrilli (PSDB-SP), determina que o seguro, inclusive o já celebrado, não poderá conter restrição de cobertura a qualquer doença ou lesão decorrente de emergência de saúde pública ( Lei 13.979, de 2020 ). A matéria aprovada na quarta-feira (20) será analisada agora pela Câmara dos Deputados.

No Brasil
Já comum para os moradores de Catanduva e no Estado de São Paulo, o Plenário da Câmara dos Deputados aprovou projeto que exige o uso de máscara em todo o País enquanto durar a situação de emergência em saúde relacionada ao novo coronavírus. As máscaras, artesanais ou industriais, serão obrigatórias para circulação em espaços públicos e privados acessíveis ao público, vias públicas e transportes públicos. A proposta segue para o Senado. O texto aprovado é o substitutivo do deputado Gil Cutrim (PDT-MA) ao Projeto de Lei 1562/20, do deputado Pedro Lucas Fernandes (PTB-MA). Cutrim incorporou emendas e outras propostas que tramitam em conjunto. O substitutivo previa multa de até R$ 300 pelo descumprimento da regra, valor que poderia ser dobrado em caso de reincidência. Foi aprovada, no entanto, uma emenda de autoria do DEM que transferiu para estados e municípios a definição do valor da multa. Os recursos arrecadados com as multas deverão ser utilizados no enfrentamento à pandemia.

Gastos
Embora o governo federal tenha destinado até agora R$ 258,5 bilhões em créditos extraordinários para o combate à pandemia de Covid-19, os recursos efetivamente pagos para as diversas ações previstas não chegam até o momento a 25% do total (24,9%). Os dados estão no primeiro boletim quinzenal da comissão mista que acompanha no Congresso as medidas de enfrentamento ao novo coronavírus.