Cidades

Pedagogia Da UNIFIPA Desenvolve Projeto De Ciranda Das Cantigas E Histórias

Tendo previsão para ser retomado no próximo mês, agosto, o curso de Pedagogia da UNIFIPA – Centro Universitário Padre Albino encerrou, em junho, na Brinquedoteca, as atividades do 1º semestre do projeto de extensão ‘Ciranda das cantigas e histórias – um resgate cultural’, que envolve os alunos do 1º, 2º e 3º anos, com encontros aos sábados, que são mediados pela professora Fabiana Fiorim Checconi.
Nos já realizados, o projeto trouxe a integração da literatura infantil com as cantigas de roda e oficinas. “Os alunos receberam orientações com relação à contação de história, o desenvolvimento e importância das cantigas de roda integradas à história e a oficina de arte como finalização da integração”, informou a professora responsável pelas atividades.
Ainda de acordo com Fabiana, no semestre que se passou foram trabalhadas as histórias: ‘Jacaré, não!’ e a cantiga de roda ‘Eu conheço um jacaré…’; A Casa Sonolenta e as cantigas de roda ‘Cachorrinho’; ‘A Casa’; ‘A Pulga e o Percevejo’; e ‘A borboleta e a minhoca’.
Conforme disse a responsável, “a cantiga de roda é uma importante estratégia pedagógica e instrumento de aprendizagem, pois proporciona às crianças a interação aos aspectos sensíveis, afetivos, estéticos e cognitivos, bem como a promoção de interação e comunicação social com o ato de brincar e se divertir. A criança aprende, se relaciona e descobre o mundo a sua volta”.

Outras atividades
Também envolvendo os alunos do 1º, 2º e 3º anos do curso da Pedagogia da UNIFIPA, o projeto de extensão ‘Brinquedoteca: Jogos e brincadeiras no contexto escolar’, coordenado pela professora Dirce Aparecida Gimeniz, foi realizado no final do mês de março na Casa da Criança Sinharinha Netto, levando jogos e brincadeiras às crianças da instituição de ensino
Na oportunidade, segundo Dirce, a Brinquedoteca tem a possibilidade de dar suporte necessário para a realização da transição entre a teoria e a prática. “O projeto objetiva possibilitar aos alunos e professores da escola participante vivências e experiências educativas com a utilização de brinquedos, atividades recreativas e cooperativas como ferramenta pedagógica”.

Da Reportagem Local