Cidades

Para Evitar que Idosos Saiam de Casa, Grupo de Jovens se Dispõe Para Fazer Compras

Jovens catanduvenses estão se colocando à disposição para fazer compras de produtos em supermercados e farmácias como forma de evitar que os idosos saiam de casa e, dessa forma, diminuam as chances de serem infectados pelo novo coronavírus (Covid-19). Os idosos fazem parte do grupo de risco da doença.
Quem deu o pontapé na ideia foi a Jennifer Pamphilo, de 18 anos, que mora no Solo Sagrado I. “Acho que na condição em que nos encontramos ajudar o próximo com o que podermos é o mínimo, diante da situação que se encontra a Itália e outros países. Há idosos que estão sofrendo com a falta de leitos hospitalares, por isso percebemos que podíamos tentar evitar que o mesmo ocorra aqui, ajudando-os desde o princípio. Encontrei um post na Internet falando sobre se oferecer pra ajudar e decidi fazer o mesmo pelos catanduvenses e tudo repercutiu muito rápido. Foi então que chamei o Rafael Silva e dei a ideia de montarmos um grupo de voluntários para que tudo não ficasse somente em planos, mas se concretizasse. Até agora tudo está correndo muito bem, estamos recebendo muitos pedidos de ajuda e precisamos da cooperação de todos com doações. Um só não faz a diferença, mas pode incentivar para que outros façam”, explicou.
O grupo é descentralizado e inclui cerca de 5 jovens. Para Amanda Carolina da Silva, de 15 anos, moradora do Bairro Jardim América, o momento é de união e toda ajuda é válida. “É muito importante à ajuda ao próximo, principalmente quando se trata de idosos, pois muitos deles não estão cientes da situação. Um dos motivos pelo qual decidi fazer parte, é que eu sempre gostei de ajudar o próximo e fazer boas ações, sei que nesse momento difícil toda ajuda é válida, pretendo ajudar todos, não apenas os idosos, para os conscientizarem a não saírem de suas casas, até tudo se normalizar”, salientou.
Rafael Silva, de 18 anos, morador da região central da cidade também comentou sobre a importância do trabalho exercido pelo grupo. “Em particular, a minha é por uma visão de mundo, eu acredito em uma sociedade voluntária, mas cada um de nós jovens tem motivos diferentes, porém encontramos juntos um objetivo comum”, contou.
O grupo continua recebendo voluntários, além de doações para os idosos que precisam de itens para auxiliar na prevenção do novo vírus, tais como álcool em gel e sabão neutro. Para saber mais sobre o trabalho desenvolvido pelo grupo, basta entrar em contato através do telefone (17)99265-1062.

Myllaynne Lima
Da Reportagem Local

%d blogueiros gostam disto: