Início - Ozônio: Especialista Fala Sobre os Benefícios do Produto na Prevenção de Alergias

Ozônio: Especialista Fala Sobre os Benefícios do Produto na Prevenção de Alergias

Divulgação

O outono e o inverno são as estações do ano conhecidas pelas baixas temperaturas e umidade do ar. A região noroeste possui ainda outros agravantes, como escassez de chuvas e mudanças bruscas nos termômetros no decorrer do dia. Para quem sofre com problemas respiratórios, como alergias (principalmente, rinite), doença pulmonar obstrutiva crônica (DPOC), asma e bronquite, alguns agentes agravam os sintomas. É por isso que a sanitização de ambiente com gás ozônio ajuda a passar por esse período crítico de uma forma mais leve, com mais qualidade de vida.
O poder de limpeza é a principal característica do ozônio e, por isso, seu uso doméstico tem crescido como uma alternativa altamente eficiente na descontaminação, eliminação de odores, higienização e purificação do ar. Além disso, o ozônio é uma opção mais limpa e segura, sem agressão ambiental. “Após a aplicação, o ozônio se transforma em oxigênio, o que deixa a sensação de ar mais leve, puro. Depois do término da aplicação, o uso do ambiente é livre”, comentou Antonio Spina Neto, especialista em ozônio.
O uso do ozônio elimina ácaros, fungos e bactérias em geral e inativa vírus, proporcionando defesa total contra agentes poluentes e agressores que comprometem a saúde da família. Além disso, o ozônio é uma opção mais limpa e segura, sem agressão ambiental, sendo 100% ecológica. Comparado ao cloro, o ozônio é um oxidante pelo menos 50% mais forte e atua 3.000 vezes mais rápido.
Spina explicou ainda como funciona a aplicação de ozônio. “Antes de iniciar a aplicação do gás ozônio, é preciso ligar ar-condicionado e/ou ventilador, facilitando a circulação do ar no ambiente. Os armários, guarda-roupas e gavetas devem estar abertos para que ozônio possa agir e tirar o cheiro de mofo, de ‘coisa guardada’. A sanitização é realizada em um cômodo por vez. No momento da aplicação, o mesmo deve estar vazio e com portas e janelas fechadas, com a máquina geradora de ozônio ligada, o gás circula e limpa o ambiente, agindo também em cortinas, almofadas, poltronas, bichos de pelúcia, travesseiros, mantas, cobertores. A aplicação dura, em média, 30 minutos. Ao final, o ozônio se transforma em oxigênio e o ambiente já está liberado para o uso”, finalizou.

Myllaynne Lima
Da Reportagem Local

%d blogueiros gostam disto: