Cidades

Outubro é o Mês de Licenciar Veículos Com Placa Final 8

Em Catanduva frota conta com 103.824 veículos (Divulgação)
Assine O Regional Online

Outubro é o mês de licenciar veículos com placa de final 8. Também neste período, os caminhões com final 3, 4 ou 5 devem buscar o documento. Caso não procurem a regularização, esses veículos não poderão circular pelas ruas a partir do dia 1º de novembro. A informação é do Departamento Estadual de Trânsito (Detran).
Para fazer o licenciamento não é necessário comparecer nas unidades, ou imprimir boletos. Só é preciso informar o número do Registro Nacional de Veículos Automotores (Renavam) ao caixa bancário ou selecionar essa opção nos terminas eletrônicos das agências. Também é possível fazer a ação pelo internet banking. O valor do licenciamento é de R$ 85,24.
Caso deseje receber em casa o documento, um valor adicional de R$ 11 é cobrado para o custo do envio pelos Correios. É possível acompanhar a entrega do documento pelo site do Detran (www.detran.sp.gov.br) clicando em – serviços online. Para aqueles que preferem, é possível fazer o licenciamento pessoalmente no Poupatempo.

São mais de 28,8 milhões de veículos registrados em todo Estado de São Paulo, enquanto que em Catanduva, são 103.824. Independente do ano de fabricação, todos devem ser licenciados anualmente para poderem circular nas vias públicas, uma exigência da legislação federal de trânsito.
Os proprietários de veículos recebem um aviso do licenciamento com um mês de antecedência. O alerta é enviado por mensagem de texto (SMS) e por notificação no celular. Para receber, basta se cadastrar no site do Detran, informar o número do celular e autorizando o recebimento. A notificação no celular vai para quem instala o aplicativo de serviços do Detran no smartphone. Ele está disponível gratuitamente nas lojas virtuais Google Play ou Apple Store.
Vale ressaltar que pagar o licenciamento em atrasado resulta em cobrança de multa e juros de mora. Caso a documentação não seja providenciada, o dono do veículo pode ter o nome inscrito no Cadastro Informativo dos Créditos não Quitados (Cadin) e na dívida ativa do Estado pelo débito em aberto. Dirigir veículo que não esteja licenciado é considerada infração gravíssima, com multa de R$ 293,47, além de sete pontos na CNH e a remoção do veículo a um pátio, conforme prevê o Código de Trânsito Brasileiro (CTB).

Cíntia Souza
Da Reportagem Local