Início - Os Investimentos Financeiros E Seus Riscos: Saiba Como Fazer Escolhas
Cidades

Os Investimentos Financeiros E Seus Riscos: Saiba Como Fazer Escolhas

O mundo dos negócios hoje possui variadas formas de investimentos. Alguns apresentam resultados mais demorados, outros rendem a curto e médio prazo, mas todos tem algo em comum, que é a possibilidade dos riscos e das vantagens. Diante dessas inúmeras opções que encontramos no mercado, o fundamental é se preparar para fazer a escolha certa sobre qual tipo escolher.
Boa parte dos investidores conseguem bons resultados, porém há muita gente que não investe, pois tem dificuldades em encontrar aplicações financeiras mais rentáveis. “Vou aplicar o meu dinheiro em algum investimento, mas ainda estou pesquisando para ver qual é o tipo que vai me garantir algo mais rentável. As opções são muitas, mas nem todas garantem o mesmo rendimento, e algumas podem apresentar mais riscos e outras menos”, conta o investidor Marcelo Novais.
A caderneta de poupança é o tipo de investimento mais conhecido dos brasileiros. Porém, a poupança está deixando de ser uma opção vantajosa. A sua rentabilidade é calculada considerando uma taxa de juros de 0,5% ao mês, aplicada a uma TR (Taxa Referencial). Esse tipo de investimento é caracterizado por possuir um risco extremamente baixo e ter a isenção do Imposto de Renda. Em contrapartida, a poupança vem apresentando rendimentos abaixo da inflação, ou seja, você está perdendo dinheiro ao invés de ganhar. Esse é o principal motivo para que a poupança seja menos procurada.
O CDB (Certificado de Depósito Bancário) é um título de renda fixa emitido pelo banco. Nessa modalidade, o investidor empresta o seu dinheiro para a instituição financeira, recebendo assim uma compensação (juros). Existem duas modalidades de CDB no mercado: os pré-fixados e os pós-fixados. Os CDBs pré-fixados são aqueles em que você sabe as taxas de juros do investimento no momento da aplicação. Já os pós-fixados são aqueles em que a remuneração não é determinada na hora do investimento. Ela será calculada a partir de um indexador contratado. O risco desse tipo de empreendimento é a possibilidade de a instituição financeira “quebrar”.
Os Fundos de Investimento reúnem recursos financeiros de um conjunto de investidores por meio de uma instituição especializada. Essa instituição realiza operações no mercado com o objetivo de remunerar os investidores. Pode-se dizer que os Fundos de Investimentos são divididos entre “conservadores”, “moderados” e “ousados”, dependendo do perfil do investidor.
Comprar moedas estrangeiras como dólar, euro e libra, por exemplo, é investir no mercado de câmbio. Após comprar dinheiro estrangeiro, o investidor precisa apenas esperar que a moeda escolhida sofra uma valorização em relação ao real e vender essa quantia, assim obtendo lucro. Essa modalidade é baseada no jogo cambial que ocorre entre as moedas do mundo todo. É necessário estar sempre atento a esse mercado, garantindo assim a rentabilidade do seu investimento. Também vale lembrar que, algumas vezes, o mercado cambial prega peças, fazendo com que uma moeda sofra uma desvalorização ao invés de valorizar, gerando prejuízos para aqueles que optaram por esse investimento.
Comprar ações de uma empresa é, na prática, se tornar sócio dessa empresa. As ações são pequenos pedaços de uma empresa que são negociados na Bolsa de Valores. O investimento em ações é comumente conhecido pelo alto risco, pois é necessário que você sempre acompanhe o mercado e esteja atento a pequenas variações. Investir não é uma tarefa fácil. Existem diversas opções de investimentos financeiros, porém é necessário muito estudo e sorte para se tornar bem-sucedido.

André Santos
Da Reportagem Local