Cidades

ONG Sempre Viva Arrecada Lixo Eletrônico Para Tratamento de Pessoas Com Câncer

Uma campanha de arrecadação de lixo eletrônico está sendo realizada pela ONG Sempre Viva com o objetivo de reciclar o material e, com o dinheiro arrecadado, realizar ações em prol de pessoas acometidas pelo câncer e a finalização da construção da sede, intitulada como Casa Rosa. A Campanha iniciou neste mês de Janeiro e tem como foco conscientizar as pessoas de que o lixo pode colaborar para causas sociais.
“O lixo eletrônico é focado no descarte de eletrônicos sem utilidade. Este descarte é feito quando o equipamento apresenta defeito. Com o descarte correto traz muitos impactos positivos para a sociedade e para o meio ambiente, impedindo que esses materiais venham poluir o solo e lençóis freáticos, evitando males aos animais e aos seres humanos. Nosso projeto visa não só colaborar para tornar nossa cidade e região, mais consciente em relação a preservação do meio ambiente como também proporcionar para nossa associação um meio de arrecadação com a venda destes produtos em fundos para podermos terminar a construção de nossa sede, a Casa Rosa!”, explicou Sônia Ceneviva, Presidente da ONG.
Serão arrecadados aparelhos de som, ar condicionado, aquecedores, baterias, bebedouro, cabos e fios, cafeteira, batedeira, liquidificadores, celulares e telefones em geral, freezer, geladeiras, TV’s, forno elétrico, calculadoras, impressoras, scaners, CPU, entre outros. O ponto de coleta é na ONG Sempre Viva que fica localizada na Rua Cambé, 45 – Vila Engrácia, as voluntárias também realizam buscas em domicílio através do telefone (17)99777-6867.
Fundada em 2008, a Associação Sempre Viva fornece apoio a mulheres acometidas pelo câncer, na entidade são doadas próteses mamárias de polietileno, turbantes, almofadas “conforto para o braço”, faixas que são utilizadas de adornos para crianças e protetores de traqueostomia. A instituição conta com o apoio de 50 voluntárias e possui salas de fisioterapia que só existem 4 no mundo todo (Rio Preto, Catanduva, Espanha e Itália). Também conta com o Projeto Dança do Amor voltado para mulheres que teve câncer, a atividade é desenvolvida às quartas-feiras na ONG. A entidade não possui fins lucrativos e depende exclusivamente de doações.

Myllaynne Lima
Da Reportagem Local