Cidades

Obra Abandonada é Motivo de Preocupação Entre Moradores do Centro

Uma obra abandonada se transformou em motivo de preocupação entre moradores vizinhos. O caso é visto no centro de Catanduva. Além do mato alto, o receio é com a dengue já que há plástico jogado na casa e casos da doença já foram registrados na área da rua Pernambuco.
A situação chegou a reportagem recentemente, mas há 20 dias se transformou também em desabafo nas redes sociais. “Na segunda-feira passada eu fiz a denúncia na Ouvidoria. No mesmo dia liguei no gabinete, falei na secretaria de Meio Ambiente e lá me orientaram a entrar em contato com a Ouvidoria”, informa um dos moradores que prefere não se identificar.
Nos relatos, os moradores falam que recentemente as funcionárias da Equipe Municipal de Combate ao Aedes aegypti (EMCAa) estiveram no bairro e inclusive eles mostraram a situação. “Elas falaram que têm casos de dengue na vizinhança. Essa casa tem sacolinha plástica no meio do mato, tem vasilha. O mato tomou conta da calçada que está cheia de buraco. Falaram que iriam falar”, explica outro.
A preocupação também é com os moradores mais idosos, já que uma das vizinhas tem mais de 80 anos. “Essa casa está abandonada há mais de quatro anos. Faz um ano desde a última vez em que os donos mandaram alguém vir aqui roçar, cortar o mato, tirar o mato. Mas tinha muitos buracos na calçada. Então faz um ano que ninguém vem limpar, daí começaram a jogar lixo”, comenta outra.
Além do risco de dengue, a calçada se transformou em obstáculo para os pedestres, que tem que desviar do mato e dos buracos que existem no caminho. “É a rua que por sinal é uma das ruas mais movimentadas da cidade. Há menos de 500 metros do centro. A vizinhança do local é composta por pessoas idosas que são obrigadas a correr o risco de serem atropeladas todos os dias para poderem ir a padaria, farmácia, supermercado e etc”, consta em texto publicado nas redes sociais com o apelo.
Procurada pela reportagem de O Regional na última sexta-feira (8), a Secretaria de Meio Ambiente e Agricultura disse que em vistoria realizada, ficou constatado que o serviço já estava em andamento, com capina e limpeza do imóvel. “Até segunda-feira, o trabalho será concluído”, informou por meio de nota.

Cíntia souza
Da Reportagem Local