Cidades

Motociclista Flagrado na Contramão é Acusado de Agressão a GCM

Um motociclista, de 21 anos, foi flagrado na contramão da via e foi acusado de agressão a Guarda Civil Municipal (GCM). O caso foi registrado no final de semana no bairro Bom Pastor. O jovem estava com a mãe na garupa do veículo nas proximidades da Escola Municipal Darcy Helena Delgado Januário.
A agressão e também desacato relatados pelas equipes ocorreram durante a abordagem. Os guardas realizavam o patrulhamento de rotina nas proximidades da unidade escolar, quando se depararam com o motociclista. Ao ser questionado sobre os documentos do veículo, o piloto teria começado a xingar e dizer palavras de baixo calão aos guardas, de acordo com os relatos.
O jovem teria negado se identificar a GCM. Ele que, de acordo com o registro policial, estava alterado, deu socos e chutes no carro da GCM e ainda atingiu um guarda no outro e outro na boca. “Foi necessário usar força moderada para conter o investigado, que acabou conduzido ao Plantão Policial, onde foi detido em flagrante. Em seguida, ele foi levado à cadeia do município. A motocicleta dele foi recolhida por estar com a documentação vencida”, informou a GCM por meio da assessoria de comunicação.

Outro flagra no
mesmo bairro
Outro flagra foi feito pelas equipes no mesmo bairro, recentemente. Na ocasião, um jovem de 18 anos foi preso depois de ser flagrado pela Guarda Civil Municipal vendendo drogas no Bom Pastor. De acordo com o boletim de ocorrência, ele estava em praça do bairro, em atitude suspeita, com uma embalagem transparente contendo pinos amarelos.
O pacote seria entregue a um homem, dentro de um carro, que não foi identificado. Ao ver os guardas, o jovem fugiu do local, mas foi alcançado. Na abordagem, a GCM encontrou a embalagem com 65 pinos amarelos contendo crack e R$ 30.
Durante a fuga, o suspeito caiu e se machucou, sendo encaminhado pelos agentes até a Unidade de Pronto Atendimento (UPA), onde recebeu atendimento e foi liberado. Posteriormente, foi levado ao Plantão Policial para a elaboração de boletim de ocorrência de tráfico de entorpecentes, ficando à disposição da Justiça.

Cíntia Souza
Da Reportagem Local

Adicionar comentário

Clique aqui para comentar

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

/* ]]> */