Cidades

Morador de Cajobi é Multado em R$ 66 Mil Por Maus-Tratos a Animais

Assine

Um morador de Cajobi foi multado em R$ 66 mil por crime de maus-tratos a animais. O caso foi registrado no início da semana em um sítio que pertence a cidade que tem mais de 10 mil habitantes. As equipes da Polícia Ambiental chegaram ao local depois de receberem denúncia anônima.
No total, um cavalo e dez galos estavam com sinais de maus-tratos. “A equipe foi até o local para verificar uma denúncia sobre um cavalo que agonizava sem socorro e, além do animal, verificaram 20 galos presos em ambientes muito pequenos e com diversos ferimentos típicos da prática de rinha. Também foram encontradas anotações sobre torneios e apostas deixando claro que os animais foram postos a brigar”, informa a Polícia Ambiental. O responsável pelo sítio foi multado e vai responder pelos crimes ambientais em liberdade.
Recentemente, outro caso foi registrado na região de Catanduva. Na ocasião, um homem foi flagrado atirando em pássaros com uma espingarda de pressão em Novo Horizonte.
De acordo com a Polícia Ambiental, quando foram checar essa que foi outra denúncia anônima, os policiais ouviram os estampidos que são típicos do uso de armas de pressão.
“Ao vistoriar a residência, encontraram três espingardas de pressão e grande quantidade de chumbos utilizados como munição, além de uma ave da espécie andorinha que estava ferida e acabou morrendo antes de ser socorrida”, informou a Polícia Ambiental.
O homem foi autuado administrativamente em R$ 6 mil e teve as espingardas apreendidas. Ele também responderá em liberdade pelo crime praticado. O telefone da Polícia Ambiental para denúncias é o (17) 3531-9610.

Cíntia Souza
Da Reportagem Local