Cidades

Mais de 500 Pessoas Comparecem ao Dia E Empreenda Catanduva

EMPREENDEDORES aproveitaram a oportunidade para se abastecerem de informações (O Regional)
Assine

Mais de 500 pessoas compareceram na manhã de ontem (12) ao Dia E Empreenda Catanduva realizado na Praça da República. Segundo os organizadores, no período da manhã os atendimentos ultrapassaram a margem de 500 e o objetivo foi alcançado: orientar empresários e novos empreendedores com uma programação extensa e gratuita.
O empresário Paulo Rogério de Almeida Sousa foi um dos interessados em aproveitar as informações e compareceu ao local.
“Eu já sabia que ia ter o evento e vim só para pegar mais informações sobre as linhas de crédito. Estou querendo ampliar meu negócio e quero ver com o banco quais os valores dos juros e quais são as melhores formas de pagamento”, diz Sousa.
Já a cabeleireira Rosimeire da Silva foi ao evento para pegar informações de como abrir um negócio.
“Quero sair da informalidade e abrir meu salão de beleza como manda o figurino. Vim aqui para pegar essas informações e começar de forma certa e sem medo de errar. Eu não sabia que hoje ia ter isso aqui, mas tinha que vim no centro e quando vi o carro do Sebrae parei para saber o que estava acontecendo e já fiquei”, informa Rosimeire.
A cabeleireira ressalta que ser Microempreendedor Individual é mais vantajoso. “Não sai caro ser MEI e o que nós precisamos é se informar”, constata.
Durante todo o dia, o evento promovido pela Associação Comercial e Empresarial de Catanduva (ACE), Sincomercio (Sindicato do Comércio Varejista de Catanduva), Sindicato Rural e Prefeitura de Catanduva e com o apoio do Sebrae, Senac, OAB, Saec, Caixa, Banco do Brasil e Banco do Povo Paulista atendeu os participantes com palestras e atendimentos individuais.
No período da manhã ainda teve a palestra: “Faça do crédito seu aliado e não uma armadilha”.
“Nós orientamos os empresários o que fazer com o seu crédito. Às vezes ele tem uma linha de crédito de R$ 20 mil, mas não vai precisar disso tudo. Ele pega e depois vai pagar contas e usar de forma errada o dinheiro e o que ele tem que tem em mente é que ele tem que pagar. Então a primeira coisa é ter planejamento da capacidade de pagamento e usar esse dinheiro de forma certa para depois não entrar em dívida e pagar altas taxas de juros”, aborda Ricardo Piovesan, analista de negócios do Sebrae-SP.

Karla Sibro
Da Reportagem Local

Assine O Regional

Digital Mensal
R$19,90 / mês
  • Acesso total
  • Computador, Celular ou Tablet
Digital + Impresso (Sáb e Dom)
R$41,70 / mês
  • Acesso total
  • Computador, Celular ou Tablet
  • Jornal impresso aos sábados e domingos
Digital + Impresso (Ter a Dom)
R$65,90 / mês
  • Acesso Total
  • Computador, Celular ou Tablet
  • Jornal Impresso de terça a domingo