Cidades

Mais de 240 Veículos São Vistoriados na Operação ‘Rodovia Mais Segura’

Operação Rodovia Mais Segura na Rodovia Castelo Branco. Local: São Paulo/SP. Data: 24/01/2019. Foto: Governo do Estado de São Paulo
Assine

Mais de 240 veículos foram vistoriados na operação “Rodovia Mais Segura” que começou na última quinta-feira (11) e terminou ontem. Na região de Catanduva, eram 58 policiais militares, em 26 viaturas e 34 pontos de rodovias. O objetivo é o combater intensamente a criminalidade.
Três estabelecimentos comerciais foram vistoriados e 204 pessoas foram abordadas na ação. De acordo com balanço enviado a equipe de O Regional pelo Trigésimo Batalhão da Polícia Militar, quatro pessoas foram presas, um menor apreendido e um procurado capturado, somando, no total, seis prisões. Droga também foi apreendida.
“Os condutores e veículos selecionados nas abordagens foram fiscalizados por equipes do policiamento ostensivo (BAEP, Força Tática e policiamento territorial), com apoio do policiamento de choque, o policiamento ambiental e o Comando de Aviação, com o patrulhamento aéreo. Após, os condutores foram concitados a se submeterem ao teste de bafômetro e à verificação da documentação e das condições dos veículos para trânsito na rodovia pelas equipes do Comando de Policiamento Rodoviário e da Polícia Rodoviária Federal. Nas vias urbanas da capital, a fiscalização foi realizada pelo Comando de Policiamento de Trânsito”, informam as equipes.
A nível estadual, a operação “Rodovia Mais Segura” foi desenvolvida por 17.852 policiais militares, em conjunto com a Polícia Rodoviária Federal. As ações iniciaram à 00:00h de quinta-feira (11) e contaram com 8.108 viaturas, distribuídas em 2.696 locais de atuação policial, sendo 263 pontos de bloqueios nas rodovias, entre marginais e acessos às rodovias estaduais e federais de São Paulo. Também deram suporte à operação 12 helicópteros, por meio do patrulhamento aéreo.
“A Polícia Militar do Estado de São Paulo atua diuturnamente na maximização dos resultados operacionais e na consequente redução dos indicadores criminais, aumentando a percepção de segurança da população e a diminuição de mortes e acidentes nas rodovias paulistas”, finaliza o setor.

Cíntia Souza
Da Reportagem Local