Cidades

Mais de 180 Mil Veículos Devem Passar Por Catanduva no Feriado

Assine

Mais de 180 mil veículos devem passar por Catanduva no feriado prolongado. A previsão é da AB Triângulo do Sol que é responsável por administrar a rodovia Washington Luís (SP-310). A Operação “Paixão de Cristo/ Semana Santa” começa nesta quinta-feira (18) e segue até domingo (21).
Com maior movimento nas rodovias, as equipes da Polícia Rodoviária atuarão com foco na prevenção de crimes, além de fiscalizar a segurança do trânsito, com enfoque no excesso de velocidade, embriaguez ao volante, ultrapassagens proibidas, uso do cinto de segurança e das cadeirinhas no caso das crianças, além do uso do celular ao volante e capacetes pelos motociclistas.
O objetivo é o de atingir a meta de redução em 50% nas mortes no trânsito, conforme o preconizado pela Organização das Nações Unidas (ONU). “O Policiamento Rodoviário permanecerá em regime especial de trabalho, com redução de folgas e emprego do efetivo administrativo, potencializando a ação ostensiva, atuando de forma estratégica, em dias, horários e locais conforme o volume de tráfego e índices de vulnerabilidade”, informa a Polícia Rodoviária Estadual por meio de nota.
Serão em média 1.240 policiais a cada dia, atuando de forma estratégica em 126 bases operacionais fixas, além de 446 viaturas nas rodovias. “O efetivo de serviço conta ainda, com o monitoramento por câmeras das concessionárias de rodovias, etilômetros, radares (portáteis e móveis) para aferição de velocidade, binóculos para a fiscalização de infrações em movimento, entre outros equipamentos”, complementa o setor.

Principal causa de morte
Ainda de acordo com as equipes, os acidentes são a principal causa de morte de crianças e adolescentes no nosso país. “A informação valiosa é que cerca de 90% dos acidentes envolvendo crianças e adolescente podem ser evitados. Basta adotar cuidados básicos de segurança”, consta na nota enviada a imprensa.
A orientação é a de auxiliar as crianças a colocarem o cinto de segurança, certificando de que todas estejam utilizando o equipamento, além do motorista. “Criança com até um ano de idade viaja no ‘bebê conforto ou conversível’. Deve ser afixado no banco traseiro de forma que a criança fique de costas para o banco dianteiro do veículo. Crianças com idade superior a um ano e inferior ou igual a quatro anos deverão utilizar, obrigatoriamente, o dispositivo de retenção denominado ‘cadeirinha’. Crianças com idade superior a quatro anos e inferior ou igual a sete anos e meio deverão utilizar o dispositivo de retenção denominado ‘assento de elevação’, o qual deve estar afixado no banco de trás. Crianças com idade superior a sete anos e meio poderão e deverão utilizar apenas o cinto de segurança do veículo”, finaliza o setor.

Cíntia Souza
Da Reportagem Local