Início - Magia do Natal ‘Invade’ Catanduva
Cidades

Magia do Natal ‘Invade’ Catanduva

Decoração chamou a atenção do público em Catanduva (Divulgação/Prefeitura)

2018 é o ano em que Catanduva comemo­ra 100 anos de his­tória e para fechar com chave de ouro, foi a vez da magia do Natal invadir a nossa Cidade Feitiço. As últimas semanas foram repletas de muita dança, música, carreata, maratona e é claro, o Bom Velhinho. Essas foram algumas das atrações da programação do Centenário de Catanduva.
A Pérgula da Praça da República se transformou na Casa do Papai Noel e a Praça da Matriz cedeu espaço para o Trenó do Noel. Centenas de crianças visitaram esses lo­­cais, sem contar nos adultos que também marcaram pre­­sen­­­ça e reservaram pedidos es­­­peciais para o Bom Velhinho.
“Pedi uma bola para o Pa­­pai Noel, porque quero ser jo­­gador de futebol quando cres­­cer”, conta Caio Cesár Santos, de sete anos.
“Eu quero um jogo novo para o meu vídeo game. Pedi isso para o Papai Noel, vamos ver”, aponta João Victor Oli­­veira de oito anos.
“Acabamos fazendo não só a alegria dos nossos filhos, mas também a nossa. É a mi­­nha época favorita no ano. O clima é outro, de renovação e devemos ensinar isso para as nossas crianças”, diz Ana Flá­­via Duarte.
Presentes à parte, nova­men­­te pudemos conferir a ma­­ratona mais aguardada do ano a do “Meu Pai é o Papai Noel” que mobiliza homens e mu­­lheres não só para o desfile pe­­las ruas da cidade, como tam­­­bém para a realização do so­­nho dos próprios filhos, netos e sobrinhos. Tudo isso porque quem participasse dos cinco dias da maratona levava para casa a bike usada no percurso.
Os pedidos para o Papai Noel também tiveram algumas pausas, mas por boas causas. O primeiro foi para conferir – “Metrópolis Combo Jazz” um show a parte, isso sem contar na Orquestra Bacchiana do SESI com ninguém mais, nin­­guém menos que o maestro João Carlos Martins que tem uma trajetória de superação e de vida que emociona, assim como as canções apresentadas.
O pessoal da Flor de Chita mostrou os “Encantos de Na­­tal” na região central da cidade e o Grupo Cabrabão trouxe para o público o “Natal a la Carte”.
A Banda Alpha trouxe som especial na programação.
Para aproveitar os últimos dias da magia que só essa época do ano traz, os pedidos foram aumentando e a Cultura Móvel também, ganhando es­­paço na Praça da República. Ti­­vemos a doçura das baila­ri­nas com o Studio de Dança Ale­­xandre Mendes Ballet e a Orquestra Escola de Catanduva trouxe clássicos para emocio­nar e alegrar quem passava.

Cíntia Souza
Da Reportagem Local

Tags