Início - Livros Ainda São Bem Aceitos Em Catanduva
Cidades

Livros Ainda São Bem Aceitos Em Catanduva

A venda de livros em Catanduva sempre foi muito bem. Segundo uma vendedora de uma livraria da cidade, os catanduvenses leem muito e por isso a loja ate montou um espaço feito somente para os livros e seus amantes.
Mesmo diante de uma fase de notebook e celulares o livro ainda é objeto de desejo de muitos leitores. “O pessoal quer ter o livro para ler, segurar e sentir o cheiro – bem coisa de fã de livro e temos muitas vendas, principalmente de livros de auto ajuda que fica em primeiro lugar e depois seguido de romance e por ultimo os infanto-juvenis” destacou a vendedora.
Nesta mesma livraria os boxes de livros, aquelas coleções de best-sellers, quando chegam se esgotam em poucos dias. Além disso, muitas promoções são feitas para os leitores nos livros que ficam ultrapassados seja modelo de capa ou assunto que não emplacou. “Realmente a crise em venda de livros na nossa cidade não preocupa, mas sabemos que o país está bem pobre em leitores de livros” finaliza a vendedora.
Desde o ano passado, o Brasil vem passando por uma crise no mercado editorial, o que levou algumas livrarias ao prejuízo, como a Saraiva que está em recuperação judicial e já fechou mais de 20 lojas, caso não consiga a recuperação irá à falência. As lojas online são as maiores concorrentes, sendo o maior problema em meio que as livrarias estão fechando por falta de rendimento suficiente, como a Amazon, que vem crescendo de forma significativa nos últimos anos.
A loja online tende a crescer cada vez mais por ser mais vantajoso comprar um produto no conforto em casa e por um preço mais acessível. Em 2016 foi feita uma pesquisa, Retratos da Literatura, onde o resultado mostrou que é uma media de 4,9 de livros por ano, sendo que 44% da população brasileira não lê e 30% nunca comprou sequer um livro, ou seja, são por volta de 2,43 obras que são lidas no total.

Ariane Pio
Da Reportagem Local