Início - Jovem de 19 Anos é Picado Por Escorpião dentro de loja
Cidades

Jovem de 19 Anos é Picado Por Escorpião dentro de loja

Ainda não se sabe se animal peçonhento estava no local ou se veio da rua
Cíntia Souza
Karla Sibro
Da reportagem local

Um jovem de 19 anos foi picado por um escorpião dentro de uma loja em Catanduva na manhã de ontem (30). A informação é de pessoas que presenciaram o incidente de perto. O animal peçonhento estaria dentro da calça que a vítima vestia. Ainda não se sabe se o escorpião veio da rua com o jovem ou se estaria dentro do estabelecimento. A vítima chegou a ser socorrida na Unidade de Pronto Atendimento (UPA). O nome dele não foi divulgado. Segundo relatos, o jovem passa bem.
Nossa reportagem entrou em contato com a assessoria de comunicação da prefeitura que respondeu que de ontem para hoje nenhuma notificação foi registrada na Secretaria de Saúde da cidade. 
Esse não é o primeiro caso de picada de escorpião em locais públicos em Catanduva. No mês passado, um funcionário do Zoológico Municipal Missina Palmeira Zancaner foi picado por um escorpião dentro do bosque. A informação foi confirmada na época, inclusive pela prefeitura.
“O funcionário foi atingido no momento dessa limpeza preventiva, como etapa anterior a pulverização para controle de escorpião. Logo após a picada, foi acionado o SAMU, que levou o funcionário para o Pronto Socorro do Hospital São Domingos, o mesmo foi medicado e liberado no mesmo dia”, dizia o comunicado oficial da assessoria de comunicação da Prefeitura na época.
A informação de que o funcionário público teria sido picado pelo animal circulou pelas redes sociais, provocando vários comentários de pessoas revoltadas com essa situação. Muitos deles pediam por mais manutenção em áreas públicas e praças.
Apesar de negar que haja uma infestação, a Prefeitura admitiu que os acidentes com escorpiões são um problema regional. “Lembrando também que a reclamação da população se refere à infestação geral acometendo não só o município de Catanduva, como toda a região. Diante desse cenário estamos fazendo as ações de prevenção em todo o setor público”, informou a assessoria.
No início deste mês um escorpião foi encontrado na Escola Municipal Idete Couto. A denúncia foi feita por moradores que procuraram a reportagem de O Regional para relatar o ocorrido.  Na ocasião, eles apontaram que o surgimento de escorpiões era motivado pelo mato alto que de acordo com eles dominava o bairro Glória, inclusive em obras da prefeitura.
Questionada, a assessoria de comunicação da prefeitura informou na época que “Todas as providências já foram tomadas. A roçagem está no cronograma para ser desenvolvida. Quanto a escola, a equipe do Centro de Zoonoses fez busca ativa em toda a escola, além de limpeza de calhas e dos jardins. Uma empresa terceirizada fez a dedetização do local”, informou.

Mais de 80 casos de picadas de escorpião
Neste ano já foram confirmados 84 casos de picadas de escorpião em Catanduva. A informação é da Vigilância Epidemiológica da Secretaria de Saúde do Município. Conforme informações do setor, nos últimos dois meses, as notificações saltaram de 5 (outubro) para 12 (novembro). Em 2014, durante os 12 meses, 103 registros foram notificados. Já em 2013, foram registrados 63 casos de acidentes pela picada do animal peçonhento.
 Nos últimos três anos nenhum óbito foi registrado em Catanduva. De um ano para o outro o aumento no número de picadas de escorpiões aumentou 63,49%, número significativo. O acidente geralmente ocorre quando se encosta ao animal, geralmente a mão ou o pé. Conforme informações da Vigilância Epidemiológica, os escorpiões são encontrados em locais úmidos, nos restos de material de construção (telhas, madeiras, tijolos), nas caixas de gordura, ralos, na rede pública de esgoto.