Início - Jovem dá à Luz a Menino Com Ajuda do Samu na Noite de Natal
Cidades

Jovem dá à Luz a Menino Com Ajuda do Samu na Noite de Natal

A ocorrência foi atendida por equipe do Samu na noite de Natal (Equipe Samu Catanduva)

Uma mãe recebeu um presente especial na noite de Natal. Isso porque foi às 19 horas da última segunda-feira (25) que ela deu à luz ao filho. A ocorrência, que foge do comum, foi atendida por equipes do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) no bairro Nova Catanduva. O parto foi realizado no quarto da jovem que tem 13 anos.
Inicialmente, o chamado das equipes era para atender a grávida que estaria com fortes contrações. Inicialmente, ela seria resgatada e levada ao hospital, para atendimento. Porém, quando o Samu chegou a residência onde ela mora, teriam visto que a jovem teria entrado em trabalho de parto e que a bolsa havia se rompido.
O atendimento ocorreu de forma normal. A equipe era formada por enfermeiro, médico, técnico de enfermagem e dois socorristas. Os profissionais cortaram o cordão umbilical do recém-nascido e finalizaram os procedimentos para que mãe e filho fossem levados ao Hospital Padre Albino. Lá, eles receberam os cuidados médicos pós-parto. Mãe e bebê passam bem. O parto teria ocorrido no período completo dos nove meses de gestação, conforme informações da jovem.

UPA também teve  parto em 2017
Foi em maio deste ano que a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) registrou o primeiro parto. Na época, a bolsa de uma jovem de 17 anos estourou e o menino com mais de três quilos nasceu de parto normal. O caso também foi considerado inusitado, porque a unidade realiza atendimentos de urgência e emergência.
Conforme informações da gestora da UPA, a jovem veio de Catiguá com fortes dores abdominais. Quando chegou a unidade, o médico teria feito a consulta e o encaminhamento para exames, quando a bolsa dela estourou e ela teve dilatação necessária para o nascimento. O menino nasceu de 39 semanas com 3.035 quilos e 48 centímetros. Após o nascimento, mãe e filho foram encaminhados para a maternidade do Hospital Padre Albino para que todos os procedimentos necessários fossem realizados. A mãe disse que começou a sentir dores ainda na madrugada momento em que buscou ajuda na Unidade de Saúde de Catiguá e foi encaminhada para Catanduva.

Cíntia Souza
Da Reportagem Local