Cidades

Itajobi é a 45ª Melhor Cidade de Pequeno Porte do Brasil em Saneamento

O município de Santa Adélia ocupa a 50ª colocação no ranking da Abes (Divulgação)

O município de Itajobi aparece na 45ª colocação de melhor cidade de pequeno porte do Brasil (até 100 mil habitantes) em saneamento segundo o Ranking Abes da Universalização do Saneamento 2018. O município de Santa Adélia o­­­-cupa a 50ª colocação no ran­king. Ambos municípios estão classificados na categoria “Ru­­­­­­­­­­­­mo a universalização”, o que significa que tiraram nota acima de 489 pontos. Nesta categoria, a nota máxima atingida é 500 pontos.
O estudo é realizado pela Associação Brasileira de En­­genharia Sanitária e Ambienta (Abes).
Itajobi pontuou 489,99 pontos sendo nota máxima (100) nos seguintes critérios: abastecimento de água, coleta e tratamento de esgoto e destinação adequada de resíduos sólidos e fez 89,99 em coleta de resíduos sólidos.
Já Santa Adélia pontuou 489,22 no quadro geral sendo 100 pontos para coleta de resíduos sólidos e destinação adequada de resíduos sólidos, respectivamente. Abastecimento de água e coleta de esgoto (98,99), respectivamente. No tratamento de esgoto a nota atingida é 91,24.
Na categoria “Compromisso com a universalização” de 450 a 489 pontos, o município de Novo Horizonte aparece na sexta colocação com 487,28, sendo 100 em tratamento de esgoto, coleta de resíduos sólidos e destinação adequada de resíduos sólidos, 94,06 (abastecimento de água) e 93,22 (coleta de esgoto).
No ranking ainda em “Com­­promisso com a universalização” aparece Pindorama na 25ª com 482,51 com pontuação máxima (100) em destinação adequada de resíduos sólidos.
Urupês está na 27ª colocação com 482 pontos. Na 79ª posição está Palmares Paulista com 467,90. Em 82ª está Paraíso com 467,55.
Na categoria “Empenho para a universalização” de 200 a 449,99 aparecem os seguintes municípios: 99º Elisiário (421,01 pontos), 189º Ibirá (396,71 pontos), 212º Catiguá (391,80) e 260º Marapoama (383,51).
“A categoria de pontuação mais alta (Rumo à universalização) possui os melhores indicadores, em todos os serviços. A pontuação média da ca­­tegoria, para os portes pe­­­queno e médio, é de 494,35 pontos. Apenas 51 munícipios do país alcançaram esse escore, dentre os municípios desses portes. Na categoria abaixo (Compromisso com a universalização), o serviço menor pontuado é a coleta de esgoto (88,41%). A média desta categoria é de 468,52 pontos. Em Empenho para a Universalização, categoria que concentra mais de 60% dos municípios ranqueados dessa categoria, o serviço menos presente é o tratamento de esgoto (43,97%). E em Primeiros pas­­sos para a universalização, apenas 6,68% dos resíduos sólidos produzidos por esses municípios recebem destinação adequada”, informa o estudo. Na categoria “Primeiros passos para a universalização não aparecem municípios da região.
Ao todo, 1.894 municípios foram avaliados na pesquisa.
Catanduva é 12ª melhor cidade em saneamento em relação a municípios de grande porte, acima de 100 mil habitantes.
A Cidade-Feitiço apresentou 497,60% de pontos. A nota máxima exigida era de 500 pontos.
Estudo avalia os indicadores: abastecimento de água, coleta de esgoto, tratamento de esgoto, coleta de resíduos sólidos e destinação adequada de resíduos sólidos.
Os dados foram fornecidos pelo SNIS (Sistema Nacional de Informações de Saneamento) do Ministério das Cidades.
O estudo avaliou ainda os resultados das Doenças Relacionadas ao Saneamento Am­­biental Inadequado (DRSAI) de cada município.
Somente 80 municípios entre todos os avaliados estão na categoria máxima Rumo à Universalização.
“A sociedade brasileira precisa entender que saneamento é saúde. Somente com este entendimento a população poderá identificar políticos que estejam comprometidos com esta questão e cobrar das autoridades a melhoria dos serviços. O saneamento tem impacto direto na vida de todas as pessoas e precisa ser PRIORIDADE na agenda dos governantes, dos legisladores e da sociedade em geral”, ressalta Roberval Tavares de Souza, presidente nacional da Abes.

Karla Sibro
Da Reportagem Local