Cidades

Indústria da região apresenta variação positiva na geração de emprego

Nível de emprego da indústria paulista teve variação positiva (foto: Divulgação)
Nível de emprego da indústria paulista teve variação positiva (foto: Divulgação)

O setor da indústria da região de São José do Rio Preto que engloba Catanduva e outros 95 municípios apresentou variação positiva na geração de emprego em março. A variação foi de 0,92% no comparativo com o mês anterior. Essa é a segunda vez no ano em que o resultado é de contratação no setor. Os dados, divulgados ontem (18) são da Pesquisa de Nível de Emprego do Estado de São Paulo do Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos da Fiesp e do Ciesp.

A nossa região teve o décimo primeiro melhor registro de março no ranking que engloba o interior paulista. Na ponta está a região de Piracicaba com variação de 3,13% na geração de emprego, seguida da de Jaú (2,98%) e a de Limeira (2,56%).

Abaixo da nossa região no ranking, está Bauru (0,67%), Matão (0,50%) e Jacareí (0,48%). Entre as regiões com números negativos está a de Botucatu (-1,58%), a de Santa Bárbara D’ Oeste (-1,54%) e de Sorocaba (-1,49%).

Entre os 22 setores acompanhados pela pesquisa em março, oito deles ficaram positivos, outros 12 negativos e dois permanecem estáveis. O bom resultado foi visto no segmento de coque, petróleo e biocombustíveis (7,31%) e de produtos alimentícios (2,47%). Já os resultados negativos foram vistos no de produtos diversos (-1,82%) e o de impressão e reprodução de gravações (-0,98%).

Nível positivo na indústria paulista

O nível de emprego da indústria paulista teve uma variação positiva de 0,45% em março, com a geração de 9,5 mil postos de trabalho sem ajuste sazonal. Com ajuste, é visto um recuo de 0,12%.

Os números positivos registrados após um mês de quedas foi influenciado principalmente pelo setor de açúcar e álcool, que está aquecido por conta do período de safra agrícola.

Com os dados apresentados, o primeiro trimestre do ano continua com saldo positivo de 13,5 mil postos de trabalho na indústria paulista, o que corresponde a uma variação de 0,62%. No ano passado, essa variação foi negativa em 1,33% no período de janeiro a março de 2016.

Conforme aponta o gerente do Depecon Guilherme Moreira, o emprego industrial aponta para a estabilidade neste ano. “O resultado positivo de março mais que compensou a queda verificada em fevereiro. Essas oscilações são normais e mostram que o emprego tende a se estabilizar”, disse Moreira.

Cíntia Souza
Da Reportagem Local

Assine O Regional Online
Follow

Follow this blog

Get a daily email of all new posts.

Email address