Cidades

Hoje é Celebrado o Dia Mundial da Pneumonia; Conscientize-se

Baby sitting in the doctors office with the doctors hand checking heart beat with a stethoscope

Hoje (12), é celebrado o Dia Mundial da Pneumonia. A data tem como objetivo conscientizar as pessoas sobre os cuidados e prevenção contra a pneumonia, principalmente a pneumonia infantil – a principal causa das mortes de crianças com menos de 5 anos de idade no mundo. A pneumonia é uma doença pneumocócica, ou seja, que ocorre quando há uma inflamação nos pulmões, podendo ser causada por vários microorganismos, entre vírus e bactérias.
De acordo com o pneumologista Marcelo Macchione, existem alguns tipos de pneumonias que podem ser contagiosas. “Alguns tipos de pneumonia, como as causadas por vírus, são mais facilmente transmitidas de uma pessoa para outra. Já no caso das bacterianas, que são as mais comuns, a transmissão é mais difícil, mas pode ocorrer, dependendo da imunidade de cada pessoa”, comentou. A princípio a pneumonia pode desenvolver sintomas semelhantes a gripes e resfriados. “Os principais sintomas são: febre alta, mal estar, inapetência, dor no peito, tosse com ou sem catarro. Nos casos mais graves pode ocorrer confusão mental e alterações da pressão. Nas crianças e nos idosos os sintomas podem ser inespecíficos”.
O diagnóstico inicialmente é feito com base apenas no exame físico e na presença de sinais e sintomas compatíveis com a doença. “O diagnóstico é suspeitado através da história clínica e do exame dos pulmões e confirmado pela radiografia ou tomografia de tórax. Existem vários fatores que facilitam as causas de pneumonia. A melhor maneira de se prevenir é ter uma rotina saudável e estar vacinado. “Além de manter os hábitos de vida saudáveis, ou seja, não fumar, não beber em excesso, alimentar-se adequadamente, praticar atividades físicas, existem vacinas específicas para o pneumococo, que é o agente mais comum nas pneumonias comunitárias. A vacina é obrigatória nos recém-nascidos, nos idosos e em indivíduos com algum fator de risco. Em alguns casos, há uma maior propensão para o surgimento da pneumonia, como o fumo que provoca reação inflamatória e facilita a penetração de agentes infecciosos, o álcool que interfere no sistema imunológico e na capacidade de defesa do aparelho respiratório. O ar-condicionado que deixa o ar muito seco, facilitando a infecção por vírus e bactérias, gripes mal cuidadas e mudanças bruscas de temperatura”, finalizou Marcelo.

Myllaynne Lima
Da Reportagem Local