Cidades

Grupo Cabrabão Comemora Aniversário de Dois Anos de Apresentações

Conhecido por oferecer acesso gratuito a música, arte e a cultura, o grupo Cabrabão comemora este mês dois anos de existência. Para o fundador do grupo, Rafael Back, o objetivo do grupo é preservar a cultura popular. “O grupo Cabrabão surgiu numa vontade que eu tinha de fazer um teatro popular, fora dos palcos e acessível para as camadas menos elitistas. A motivação foi ver que o público mais afastado do centro da cidade não consumia teatro, portanto, se fez necessário criar um trabalho que fosse até as pessoas. Nosso foco é a divulgação, preservação e resgate da cultura popular brasileira, para isso promovemos o acesso a essa cultura nas praças, eventos e bairros”, comentou.
Atualmente o grupo conta com sete integrantes e todas as peças são autorais, criadas a partir de experiências vividas pelos componentes. “Temos dois integrantes professores de música formados pela UFSCar, uma estudante de jornalismo, um barbeiro, uma figurinista, uma administradora de empresas e uma professora. Incrivelmente essa diversidade dentro do grupo se completa e é aproveitada nos trabalhos, desde a estética, ao uso das redes sociais e a didática pedagógica. Todo trabalho executado pelo grupo é criado a partir de experiências pessoais dos integrantes do grupo ligando aos temas que queremos abordar. Falamos sobre morte, sobre saudade, sobre lidar com os pensamentos ruins, sobre ser artistas e também contamos histórias de personalidades importantes para a cultura popular, como no caso de Ariano Suassuna e Luiz Gonzaga”, explicou Rafael.
Ao longo desses dois anos, o grupo realizou cerca de 60 apresentações e uma em especial marcou a trajetória da equipe. “Com certeza as apresentações mais marcantes foram as que fizemos em Curitiba, no maior festival de Teatro da América Latina. Além de estarmos em um festival super importante, de fazer um teatro para pessoas que têm acesso a outras culturas, as apresentações estavam carregadas com uma forte emoção nos atores, todos reconheceram ali que estávamos no caminho certo, fazendo a arte que queríamos fazer. Foi um divisor de águas para o grupo.” detalhou.
Para o próximo ano o grupo se prepara para trazer muitas novidades. “2020 será um ano intenso e de muito trabalho. Estamos preparando uma mostra de repertório no mês de Março, que se comemora o mês do teatro. Essa mostra será uma coletânea de todos espetáculos do grupo e terá uma estreia no final. Com certeza o trabalho mais primoroso que estamos fazendo até agora. Vamos estrear o trabalho que vai falar sobre meio ambiente e preservação da natureza junto com a importância da cultura popular. Para esse trabalho vamos usar a linguagem de Steampunk, que é uma estética que mistura a era vitoriana com elementos da revolução industrial. Estamos construindo esse texto juntos e muito trabalho artesanal para fazer os figurinos. Com certeza o maior trabalho do grupo até agora. Tudo será gratuito e aberto toda a população”, finalizou Back.

Myllaynne Lima
Da Reportagem Local