Início - Greve continua e Bradesco adere à paralisação
Cidades

Greve continua e Bradesco adere à paralisação

A greve dos bancos continua, porém com exceção do banco Bradesco.

A greve dos bancos continua, porém com exceção do banco Bradesco.
Segundo o Sindicato dos Bancários, a paralisação atingiu 17 das 18 agências de Catanduva.
Para não prejudicar os clientes em sua totalidade, o Sindicato permitiu que 40% dos funcionários das agências trabalhassem no período de greve, para manter em atividade os serviços essenciais.
“Temos de respeitar os clientes, mas também lutar pela nossa causa. As máquinas estão sendo abastecidas com dinheiro, cheques estão sendo compensados e depósitos efetuados no caixa eletrônico. Vale lembrar que a gerência também está trabalhando”, explica o sindicato da categoria.
“Não queremos greve e estamos abertos a negociação. Basta a Fenabam nos procurar para negociar”, complementa.
De acordo com o Sindicato dos Bancários, não há previsão para o fim da greve.
GREVE
Sem o sucesso obtido nas negociações, a greve teve início terça-feira e segue por tempo indeterminado.
O índice de 8% foi a proposta apresentada pela federação dos bancos na assembleia de sexta-feira (23).
O Comando Nacional dos Bancários rejeitou o percentual, considerado insuficiente, além de a proposta não trazer aumento maior para a PLR, nem a valorização do piso.
Os negociadores da Fenaban também não trouxeram qualquer resposta para as reivindicações de emprego e melhores condições de trabalho.
Os 8% representam aumento real de 0,56% – diferença de apenas 0,19 ponto percentual em relação à proposta anterior, de 7,8%.