Início - Fundo Social De Santa Adélia Distribui Agasalhos Da Campanha De 2019
Cidades

Fundo Social De Santa Adélia Distribui Agasalhos Da Campanha De 2019

O FSS – Fundo Social de Solidariedade do município de Santa Adélia já realizou a entrega dos agasalhos recolhidos na Campanha do Agasalho de 2019. No total foram 13.334 peças e 100 cobertores doados.
A entrega, feita pelo Fundo Social de Solidariedade do Estado de São Paulo, foi realizada no dia 11 de junho, no Centro de Convivência do Idoso. Os moradores dos distritos de Botelho, Santa Rosa e Ururaí também puderam participar. Esses mesmos, por conta do deslocamento, foram trazidos pelo ônibus da Prefeitura.
De acordo com a presidente do FSS, Jucieli Costa, a campanha está nas ruas desde maio. “São várias etapas. A primeira delas foi a arrecadação em todo o município. Equipes do Fundo Social com apoio das Secretarias da Educação e do Bem-Estar Social e do Tiro e Guerra de Catanduva passaram de casa em casa arrecadando as doações. Além das caixas coletoras que foram colocadas em vários pontos a cidade, como bancos, igrejas e supermercados”,.
Após essa etapa, foi a vez de separar as doações. “Separamos tudo de acordo com gênero, masculino e feminino, além do tipo da peça, como calças, vestidos, bermudas, assessórios, calçados. Tudo para facilitar na hora da doação”, explicou Jucieli. A entrega ocorreu conforme o esperado e centenas de pessoas foram atendidas. “Pudemos oferecer roupas e calçados com boa qualidade e ajudar famílias inteiras a enfrentar o inverno”.
Por fim, Jucieli ainda agradeceu à população santadeliense. “Contamos sempre com esta generosidade e este ano não foi diferente. Graças a estes donativos, pudemos realizar a campanha novamente”. A primeira-dama também agradeceu o empenho de todos os que colaboraram para que a campanha do agasalho acontecesse. “Nossas equipes trabalham com afinco para organizar tudo isso, o que inclui arrecadar, separar todas as peças e atender. Também agradeço as empresas, bancos, igrejas e outras instituições que receberam as caixas para coletas de doações”.

Da Reportagem Local