Início - Fórum Para Formar Conselho Municipal da Diversidade Acontece Nesta Quinta
Cidades

Fórum Para Formar Conselho Municipal da Diversidade Acontece Nesta Quinta

GRUPO REVEJA há 10 anos pleiteava a implantação do conselho da diversidade (Divulgação)

Fórum para formar o Conselho Municipal da Diversidade aconteceu nesta quinta-feira (30), às 7h30, no Anfiteatro da Prefeitura de Catanduva. A programação conta com credenciamento, formação de mesa, palestra, apresentação cultural, pleito eleitoral e ainda contará com a primeira reunião que formará o conselho com seus respectivos representantes, presidente, vice-presidente, secretário e segundo secretário. A assembleia é aberta ao público em geral.
A palestrante Márcia Maria Menin é vice-presidente da Comissão de Defesa da Diversidade Sexual e de Gênero da OAB de São José do Rio Preto. Também é graduada mestre em direito civil pela USP e professora de direito civil nas Faculdades integradas padre Albino.
A programação também contará com a apresentação cultural com integrantes da Cia Only Jazz que dançarão trecho do espetáculo Prisma.

O Conselho Municipal da Diversidade estará vinculado à Secretaria Municipal de Assistência Social e terá como foco de atuação a promoção dos direitos do público LGBT´s (lésbicas, gays, bissexuais, travestis e transexuais). A Prefeitura de Catanduva é a organizado pelo fórum.
“Estamos muito felizes e ansiosos porque após 10 anos de lutas em prol dos nossos direitos de igualdades, agora vamos conquistar o nosso tão sonhado Conselho que é deliberativo, consultivo, propositivo e fiscalizador. O Conselho não tem pretensão política e é de caráter permanente”, informa Vasco da Gama, presidente do Grupo Reveja (Ação e Pesquisa da Diversidade Sexual de Catanduva e Região) um dos representantes na luta pela implantação do conselho.
Conforme informações da assessoria de comunicação da prefeitura, no pleito, serão definidos nove representantes da sociedade civil e nove integrantes do poder público que atuarão no conselho.
“Com os nomes devidamente formalizados, os membros irão promover a primeira reunião ordinária do conselho, que irá eleger sua diretoria.
A criação do Conselho Municipal da Diversidade era uma reivindicação antiga, principalmente de integrantes do movimento LGBT no município. Desde o começo do ano, o tema tem sido encabeçado pela administração municipal”, frisa o setor.

Karla Sibro
Da Reportagem Local