Cidades

Fechamento do Comércio Será Facultativo Durante os Jogos da Copa do Mundo

COMERCIANTES devem escolher a forma de atendimento durante os jogos da seleção brasileira (Imprensa Sincomercio)
Assine

O fechamento do comércio será facultativo durante os jogos da Copa do Mundo. A informação é dos sindicatos da categoria que deixou o comerciante definir em deixar aberto ou fechar durante o evento esportivo. A solenidade de abertura do evento esportivo será nesta quinta-feira (14), momentos antes da primeira partida do torneio entre Rússia e Arábia Saudita, às 12 horas.
O primeiro jogo do Brasil será no domingo (17), às 9 horas contra a Suíça. O segundo será contra a Costa Rica, no dia 22, às 9h e a terceira rodada será no dia 27 de junho, às 15 horas quando o Brasil enfrentará a Sérvia.
“A empresa poderá decidir a melhor forma de funcionamento. Desta forma o comerciante poderá conversar com seus funcionários e optar pela melhor alternativa, conforme sua estrutura e rotina.Os dois sindicatos conversaram e entenderam que o ideal é cada empresa decidir o que é melhor, conforme sua estrutura e esquema de funcionamento. Tem empresários que irão disponibilizar televisão, para que os colaboradores vejam os jogos, outros optaram por liberar e depois compensar ou até mesmo entrar mais cedo e sair mais tarde. Enfim, o importante é respeitar o que rege a Reforma Trabalhista e encontrar um melhor modelo para cada realidade”, detalha Ivo Pinfildi Júnior, presidente do Sindicato do Comércio Varejista de Catanduva (Sincomercio) em acordo com o Sindicato dos Empregados do Comércio (Sincomerciários).
A Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (FecomercioSP) também esclarece que o assunto levanta uma polêmica, mas que o bom senso deve prevalecer.
“O assunto levanta questões sobre a obrigatoriedade da dispensa dos empregados, embora os dias de jogos não sejam considerados feriados, uma vez que muitos trabalhadores param o expediente para poder torcer. A empresa deve considerar a importância cultural que o evento esportivo tem para os brasileiros e aconselha que o empregador reflita sobre a questão e os impactos que sua decisão pode causar no ambiente de trabalho. Para os especialistas da Federação, deve-se priorizar o bom relacionamento entre empregador e empregado”, informa a Fecomercio.
A Copa do Mundo será encerrada no dia 15 de julho, caso o Brasil chegue à fase final participará de oito partidas.
A Federação do Comércio sugere que os departamentos de recursos humanos das empresas fixem o trabalho normal do empregado, mas que permita a assistir às transmissões dos jogos da seleção brasileira no expediente de trabalho.
“Por exemplo, disponibilizando televisor ou telão no ambiente de trabalho. Outra opção é alterar o horário de expediente até, no máximo, duas horas diárias, respeitado o limite máximo de dez horas de trabalho por dia. É possível prorrogar a jornada diária por antecipação do horário (entrada mais cedo) ou por seu prolongamento (saída mais tarde), por exemplo, encerrando o horário de trabalho às 14h”, informa a Federação.

ATENÇÃO
A entidade orienta ainda que atenção deve ser redobrada, pois se houver falta injustificada, poderá acarretar para o empregado descontos na folha de pagamento e, inclusive no valor do Descanso Semanal Remunerado (DSR), “pois ele só tem direito ao recebimento quando cumprir integralmente seu horário de trabalho”.
Outro ponto discutido é que se o funcionário comparecer ao ambiente de trabalho alcoolizado pode ser penalizado.
“O que pode motivar rescisão do contrato por justa causa, se comprovada a embriaguez e não for caso de alcoolismo”, diz.
Para quem gosta de fazer uma “fezinha”, os chamados “bolões” com apostas nos resultados dos jogos com a turma de trabalho, é bom saber que o ato é considerado ilegal.
“O empregador pode notificar por escrito os empregados envolvidos, informando que tal prática constitui crime e, portanto, não é permitida nas dependências da empresa”, finaliza a entidade.

Karla Sibro
Da Reportagem Local



Assine O Regional

Digital Mensal
R$19,90 / mês
  • Acesso total
  • Computador, Celular ou Tablet
Digital + Impresso (Sáb e Dom)
R$41,70 / mês
  • Acesso total
  • Computador, Celular ou Tablet
  • Jornal impresso aos sábados e domingos
Digital + Impresso (Ter a Dom)
R$65,90 / mês
  • Acesso Total
  • Computador, Celular ou Tablet
  • Jornal Impresso de terça a domingo