Início - Estação De Trem Da Nossa Cidade Comemora 109 Anos Com Muita História
Cidades

Estação De Trem Da Nossa Cidade Comemora 109 Anos Com Muita História

A estação foi aberta no dia 1 de maio de 1910. O jornal O Estado de S. Paulo anunciava em 19/8/1909 que “Foram aceitas pelo Governo as denominações de Pindorama e Catanduva para as estações dos quilômetros 65,880 e 76,700 do prolongamento de Taquaritinga a S. José do Rio Preto”. Então, o nome antigo da vila (Villa Adolfo) nunca teria sido o da estação. Mas só no outro ano que realmente se concretizou as instalações da estação.
A cidade teve três prédios diferentes para a estação. A primeira foi incendiada e ruiu durante uma revolta popular em 1919. A segunda foi construída logo após. A terceira e atual foi inaugurada em 15 de maio de 1948.
As alterações da linha nos anos 1940 e a retificação do trecho entre Pindorama e Catanduva aberto em 20/10/1953, bem como o alargamento de bitola em todo o trecho entre Araraquara e São José do Rio Preto em 1955 não tiraram a estação do leito original e, em 1955, passou por ali o primeiro trem já pela bitola larga.
Em 15 de março de 2001, ali parou o último trem de passageiros, vindo de São José do Rio Preto para Itirapina.
Arlindo Geraldi foi feitor de linha, na época que ainda as máquinas ferroviárias levavam pessoas. Ele que trabalhou meados dos anos 60 até início dos anos 80, lembra com muito saudosismo das paisagens lindas que vinha de Araraquara até São Jose do Rio Preto. Naquela época as pessoas não tinham pressa, o trem era também como um mundo de imaginação para as crianças que os avôs sempre levavam elas para passear às vezes não iam para lugar nenhum era mesmo pra passear de trem. Seu Arlindo se aposentou na carreira como um fã incondicional de trens, relatou que a estação de Catanduva era uma da mais bonita e sempre cheia de passageiros, além disso, atou mais nos trens de carga que transportava muito café entre outros alimentos.
Em março de 2009, o prédio havia sido reformado recentemente e esta servindo como sede da Secretaria da Cultura do município, até nos dias de hoje.

Ariane Pio
Da Reportagem Local