Cidades

Especial Centenário: Nona Década

© 2015 Ana Mello
Assine

Ensino Superior Gratuito Chega a Catanduva em 2009

A Faculdade de Tecnologia de Catanduva (Fatec) com cursos superiores gratuitos chegou a cidade em julho de 2008, mas foi no dia 26 de setembro de 2009 que foi inaugurada oficialmente pelo então governador José Serra. Foram investidos R$ 730 mil na compra de imobiliários e equipamentos para os cursos de automação industrial e gestão empresarial.
Atualmente a faculdade também oferece o curso de tecnologia da informação. Todos os cursos tem duração de três anos e são totalmente gratuitos.
A Fatec Catanduva está localizada na Rua Maranhão, 898, prédio que contribui para a história da cidade.

Escândalo de pedofilia leva Catanduva ao noticiário nacional

Catanduva foi notícia nacional no primeiro trimestre de 2009 com a descoberta de um escândalo de pedofilia na cidade. As primeiras denúncias surgidas em fevereiro daquele ano davam conta que um borracheiro teria abusado de diversas crianças. Os relatos também envolviam o que foi apelidado de ‘banda rica’ do escândalo que seria composta por empresário e médico.
Até mesmo a Comissão Especial de Inquérito (CPI) da Pedofilia do Congresso Nacional instalou sessões em Catanduva para oitiva dos envolvidos. Duas pessoas teriam sido condenadas pelos crimes, sendo que um deles, sobrinho do borracheiro, teria sido inocentado em pelo menos um dos processos anos mais tarde.

Catanduva é Contemplada com um Instituto Federal de Tecnologia

Catanduva foi contemplada com o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de São Paulo (IFSP) campus Catanduva no dia 1º de fevereiro de 2010 e as aulas tiveram início no dia 16 de agosto do mesmo ano. Com a instalação, a cidade ganhou mais um centro de ensino técnico. Atualmente o IFSP também oferece ensino integrado, especializações e cursos superiores.
Os cursos técnicos integrados ao ensino médio oferecidos são: Técnico em mecatrônica, técnico em química e técnico em redes. Já os cursos de ensino superior são: Tecnologia em mecatrônica, tecnologia em análise e desenvolvimento de sistemas, licenciatura em química e engenharia de controle de automação. O Instituto Federal Catanduva ainda oferece duas pós-graduações. Todos os cursos são gratuitos oferecidos pelo governo federal.

Novo Sistema de Atendimento a Saúde 24 Horas Chega a Catanduva

A Unidade de Pronto Atendimento Attílio Cartarelli Cypriano (UPA 24 horas), novo sistema de atendimento a saúde 24 horas, foi inaugurada em Catanduva no dia 21 de dezembro de 2013. Com aparelhos de última geração e inovação, a unidade conta com o equipamento Tele-ECG, capaz de dar o diagnóstico preciso de problemas cardíacos de forma rápida, cerca de três minutos.

Catanduva Ganha Unidade do Poupatempo em 2014

Catanduva ganhou uma unidade do Poupatempo em 2014. No dia 21 de abril, os catanduvenses e os moradores das cidades vizinhas puderam se beneficiar dos novos serviços oficialmente. Para facilitar a vida das pessoas, o posto Catanduva oferece a emissão da Carteira de Identidade (RG), do Atestado de Antecedentes Criminais pelo (Instituto de Identificação Ricardo Gumbleton Daunt) e da Carteira de Trabalho, emitida por intermédio da Secretaria de Emprego e Relações do Trabalho.
O Departamento Estadual de Trânsito de Catanduva (Detran) também está localizado na unidade e disponibiliza os serviços de renovação da CNH; licenciamento de veículo; transferência de domicílio do proprietário do veículo; extrato de cadastro de veículo; segunda via de CNH e de permissão; certidões CNH, dentre outros.
A unidade local oferece atendimento em conjunto com alguns serviços municipais, tais como, o Via Rápida Empresa, que realiza a abertura de empresas em até cinco dias úteis; o Banco do Povo, que tem o maior programa de microcrédito estadual do país e o Módulo Estadual de Licenciamento (MEL).
Os serviços municipais e virtuais, tais como, a Nota Fiscal Paulista e o B.O. Eletrônico também estão a disposição.
Há uma unidade bancária no local para facilitar o cidadão no recolhimento das taxas geradas pelo posto.
O Posto de Atendimento ao Consumidor (PAT) também realiza atendimento no Poupatempo e disponibiliza encaminhamentos a vagas de emprego.
Foram investidos R$ 2 milhões, entre implantação e custeio no primeiro ano.
Desde a sua inauguração, o Poupatempo Catanduva está localizado na Rua Comendador Antonio Stocco, 537, no Parque Joaquim Lopes. O horário de atendimento é das 8h às 17 horas de segunda a sexta-feira e aos sábados das 8h às 12 horas.

Uma nova Matriz de presente de Natal

Em dezembro de 2010, o catanduvense ganhou um presente de Natal com a revitalização da Igreja Matriz de São Domingos. A construção já era patrimônio histórico da cidade e responsável por incluir Catanduva em roteiros turísticos graças ao seu acervo de pinturas realizadas por Benedito Calixto. O projeto da nova Matriz foi contratado de Rosa Grena Kliass. A reforma contemplou a parte interna da igreja com restauração das pinturas de Calixto e também toda a estrutura externa da praça.

Fecic é substituída pela Mercocentro em 2011

Em 2011, com o propósito de resgatar o foco de realização de uma feira eminentemente empresarial na cidade, a Feira Comercial e Industrial de Catanduva (Fecic) foi transformada em Mercocrentro.
A primeira Mercocentro foi realizada entre os dias 13 e 16 de setembro daquele ano e contou com uma programação inteiramente voltada aos negócios nos ramos da agricultura, pecuária, agroindústria, comércio e indústria.
A Mercocentro foi iniciativa da Associação Comercial e Empresarial (ACE), Prefeitura, Câmara e teve apoio da Coordenadoria de Assistência Técnica Integral (CATI), Biocana e Sindicato Rural.

Tragédia marca as vidas da população ribeirinha em janeiro de 2016

Mais uma vez a enchente marcou a vida da população que mora ou tem comércio na região ribeirinha. Na madrugada do dia 14 de janeiro de 2016, os comerciantes receberam ligações que seus comércios estavam sendo tomados pelas águas do Rio São Domingos. Equipes do Corpo de Bombeiros, Polícia Militar e a Defesa Civil ajudaram a retirar pessoas e pertences que ficaram ilhados na Avenida São Domingos e em ruas ao redor.
Com a força da água, a ponte sobre o Córrego dos Tenentes, na Rodovia Alberto Lahós de Carvalho, cedeu e abriu uma enorme cratera na pista que liga Catanduva a Novais. Seis pessoas morreram em acidentes no local até que a ponte foi reconstruída.
Em março de 2016, o município acordou com a notícia que ponte que fica no bairro Jardim Paula localizada no final da Avenida Engrácia com a Rua Goyo Salamanca (Córego das Borboletas) havia desmoronado.
Em abril de 2017, com as fortes chuvas registradas no dia 12 de abril, a ponte da Avenida José Nelson Machado se rompeu, na madrugada do dia 13. No momento da queda não havia veículos próximos e ninguém se feriu. Até o momento, a erosão continua e o trecho ainda está interditado.

Enfim, o tratamento de esgoto se torna realidade

No dia 27 de junho de 2015, Catanduva enfim inaugurou a sua Estação de Tratamento de Esgoto de Catanduva (ETE). Inicialmente a estação funcionou em caráter precário sob supervisão da Companhia Ambiental do Estado de São Paulo (CETESB).
A solenidade de inauguração contou com a presença do então ministro das Cidades Gilberto Kassab.
A ETE custou aproximadamente R$ 25 milhões em recursos do Governo Federal através do Plano de Aceleração do Crescimento (PAC 2). A obra foi entregue com 14 meses de atraso já que o prazo inicialmente estipulado para a entrega era abril de 2014. O atraso, à época, foi justificado pelo superintendente da SAEC, César de Jesus Morasca, em razão de supostos atrasos em pagamentos à empresa por parte do Tesouro Nacional.

Presidente da República em Catanduva para entrega de casas

Em agosto de 2015, 1600 famílias da cidade receberam a chave da casa própria com a entrega do bairro José Olympio Gonçalves, popularmente conhecido como Nova Catanduva I.
A entrega do bairro teve a presença da então presidente da República Dilma Rousseff (PT) e reuniu a imprensa regional. A petista que perderia o cargo pouco tempo depois abordou a crise em seu discurso na cidade.
Apenas no final do discurso é que Dilma falou sobre a crise e se disse otimista.
“Quero dizer para vocês: nós vamos superar esse momento de dificuldades. Todos nós que somos brasileiros e brasileiras sabemos que temos capacidade de superar desafios, de apresentar e de construir caminhos e de chegar a resultados. Quanto mais rápido fizermos isso, mais rápida será a superação das nossas dificuldades. A gente tem que enfrentar os problemas de frente, jamais é aceitável que se torça para o pior acontecer porque quando acontece o pior quem paga é a população do País”, falou sobre os problemas econômicos pelos quais passa o Brasil.

Saúde pública: dengue deixa rastro de mortes

Em 2015 a cidade sofreu com a dengue. Pelo menos 35 famílias perderam entes queridos com esse diagnósticos. A doença obrigou a prefeitura a montar uma espécie de hospital de campanha para atender aos pacientes com suspeita da doença.
Além das mortes confirmadas em decorrência da dengue, outros 37 óbitos investigados como suspeitos foram descartados e, conforme número oficiais, pelo menos cerca de 12 mil catanduvenses tiveram a doença.
Em determinado ponto da epidemia, a cidade concentrava 28% das mortes do País. A estrutura do Município para o combate e prevenção à doença motivaram investigações na Câmara de Vereadores e no Ministério Público (MP) que ajuizou ação na Justiça para obrigar a Prefeitura a contratar número de agentes de combate em número equivalente ao preconizado pelo Ministério da Saúde.

 

 

 

Assine O Regional

Digital Mensal
R$19,90 / mês
  • Acesso total
  • Computador, Celular ou Tablet
Digital + Impresso (Sáb e Dom)
R$41,70 / mês
  • Acesso total
  • Computador, Celular ou Tablet
  • Jornal impresso aos sábados e domingos
Digital + Impresso (Ter a Dom)
R$65,90 / mês
  • Acesso Total
  • Computador, Celular ou Tablet
  • Jornal Impresso de terça a domingo