Cidades

Em Três Anos, Déficit de Árvores Reduz 71,8% em Catanduva

Em três anos, o déficit de árvores plantadas em Catanduva reduziu 71,8%, segundo dados apresentados pela Secretaria Municipal de Meio Ambiente. O déficit é baseado em números apresentados no Plano de Arborização do município.
Enquanto em 2016, o deficit era de 32 mil mudas plantadas, agora em 2019, o índice faltante é de 9 mil.
A redução nesse número tem sido feita gradativamente com campanhas voltadas ao meio ambiente e pelo projeto Arvorear, que plantou neste ano 111 árvores, de março a setembro.
Ao todo em Catanduva a estimativa é de que existam 24.500 unidades que estão distribuidas em praças, áreas verdes e nos passeios públicos.
Há, também, em torno de 31.000 árvores em APP’S (Áreas de Preservação Permanente) na cidade e ao redor do município.
Em Catanduva, a espécie mais plantada é o Oiti (Licania Tomentosa). Mas ela já não pode mais ser plantada na cidade. Atualmente, podem ser utilizadas as espécies: Ardisia, Aroeira Pimenteira, Callistemon, Flor da China, Ipê Branco, Ipê Amarelo, Jacarandá Mimoso, Jasmim Manga, Lofantera, Magnólia, Pata de Vaca, Resedá Comum, Resedá Gigante, Árvore Samambaia e Árvore Hibisco.
O morador que tiver interesse em plantar árvores em frente a sua residência precisa seguir determinações. “Primeiramente a largura da calçada que tem ser respeitada para a acessibilidade, de no mínimo 1,20 metro, para a passagem dos munícipes. Também é importante verificar se existe fiação de alta ou baixa tensão sobre a calçada. Distâncias mínimas de 6,00 metros de placas de sinalização e esquinas. Fazer um requadro de 0,70 por 0,70 metro, além de deixar pelo menos 6 metros de distância entre uma árvore e outra. Vale ressaltar que é importante escolher bem o porte da árvore”, informa o secretário de meio ambiente José Mauricio Braga.
Dia da árvore
O dia da Árvore é comemorado no dia 21 de setembro, neste sábado. Para dar visibilidade a data e demonstrar a importância de uma cidade arborizada, uma equipe da prefeitura estará na Praça da Matriz, a partir das 8 horas, com atividade que tem objetivo de estimular a doação de mudas. Um veículo da Secretaria de Meio Ambiente estará no local com mudas, que serão ofertadas de forma gratuita para todos que passarem pelo local. Também serão feitas orientações sobre o plantio correto, assim como as espécies que são permitidas na área urbana. Uma equipe da Secretaria de Cultura também estará na praça com atividade de pintura, voltada às crianças. Essas ações integram o projeto “Fundação Padre Albino na Praça”, que encerra a XXVIII Semana Monsenhor Albino.

Bairros mais arborizados
Dados da Secretaria Municipal de Meio Ambiente também demonstram que três bairros de Catanduva são os que mais possuem árvores. O Residencial Pachá, Jardim do Bosque e Cidade Jardim. Nestes locais há uma concentração de 1 árvore por lote.

Karla Konda
Editora Chefe

CAMPANHA ICESP

/* ]]> */