Início - Diferença no Preço do Material Escolar Chega a 73,8% em Catanduva
Cidades

Diferença no Preço do Material Escolar Chega a 73,8% em Catanduva

Caderno foi um dos produtos que teve maior variação no preço (O Regional)

Pesquisar pode ser um bom negócio na hora da compra do material escolar em Catanduva. O motivo é que a diferença no preço dos produtos chega a 73,8% na Cidade Feitiço. Nossa reportagem percorreu quatro lojas que vendem material escolar na tarde de ontem (10) e a maior variação foi vista no caderno espiral que custa entre R$ 14,90 e R$ 25,90. O valor fica R$ 11 mais caro de um lugar para outro, mesmo se tratando do mesmo caderno de 96 páginas de uma matéria da mesma marca.
A segunda maior diferença de preços foi vista na caixa de 12 lápis de cor. Enquanto um estabelecimento vendia o produto a R$ 14,90, outro comercializava a R$ 24,90. Uma diferença de R$ 10, de um local para outro. Em percentual, essa variação é de 67%.
Em terceiro lugar na lista aparece o caderno de uma matéria de capa dura. Em uma loja, o produto era vendido a R$ 14,50, enquanto que em outra saia por R$ 22,90. Diferença de R$ 8,40 em dinheiro e de 57,9% no percentual.
O quarto produto que teve a maior variação de preços foi a caixa com quatro canetas. Em um dos estabelecimentos visitados pela nossa reportagem ela custava R$ 11,90, enquanto que no outro era vendido a R$ 9,60. Valor R$ 2,30 mais barato. No percentual essa variação chegava a 23%

Já uma pesquisa realizada pela Fundação de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon) em São Paulo, aponta para uma diferença de até 260% no preço do material escolar. Lá, a maior variação foi vista em uma caneta esferográfica. Enquanto um estabelecimento vendia a R$ 1,75, outro comercializava a R$ 6,30. O levantamento foi feito em nove estabelecimentos no mês passado. No total, foram 189 itens que fizeram parte do levantamento.
Dicas de economia
O Procon aponta que antes de ir às compras, é importante ver quais produtos que estão na lista de material, já existem em casa e que estão em condição de uso. A troca de livros didáticos entre alunos também é apontada como uma boa opção na hora de economizar.
O setor reforça que na lista de material, as escolas não podem exigir a aquisição de qualquer material escolar que seja usado de maneira coletiva. Entre eles estão os materiais de escritório, de higiene e de limpeza.
Alguns estabelecimentos oferecem descontos vantajosos para as compras em grande quantidade. Nesse caso, pode ser uma boa opção procurar outros pais para a compra coletiva.
Outra dica é a de verificar se o estabelecimento em que está oferece diferentes preços por conta do pagamento. Em alguns casos à vista e no dinheiro pode trazer vantagens.

Cíntia Souza
Da Reportagem Local