Início - Dia Nacional Doação De Órgãos E Tecidos É Comemorado Hoje
Cidades

Dia Nacional Doação De Órgãos E Tecidos É Comemorado Hoje

O mês de setembro é marcado pela conscientização sobre a importância da doação de órgãos e tecidos no Brasil. O Dia Nacional de Doação de Órgãos e Tecidos é celebrado em 27 de setembro, instituído pela Lei nº 11.584, de 28 de novembro de 2007. Em São Paulo, a Lei nº 15.463, de 18 de junho de 2014, instituiu o mês de setembro como dedicado especialmente à conscientização em favor da doação de órgãos, mês que passou a ser conhecido como “Setembro Verde”.
O jornal O Regional fez um pedido aos hospitais de Catanduva, que realizam esse tipo de captação, São Domingos Unimed e a Fundação Padre Albino.
A FPA nos encaminhou email explicativo que houve neste ano, no período de janeiro a setembro 15 doadores, no ano passado em 2019, foram 42 doadores de órgãos e tecidos
A Fundação ainda ressaltou que devido à pandemia da COVID-19 é normatização do Ministério da Saúde, desde março, apenas é realizada a captação de múltiplos órgãos (morte encefálica), após testagem de Swab PCR-RT.
Desta forma, famílias de pacientes que falecem de coração parado e poderiam doar córneas não estão sendo entrevistadas para tal finalidade.
Porém, mesmo com menor número de potenciais doadores, o Hospital Padre Albino está com taxa de efetivação de 85%, ou seja, as famílias estão aceitando a doação de órgãos.
Pode também enfatizar que todo o processo de doação e captação segue rigoroso protocolo sanitário. A segurança do doador, dos profissionais e dos transplantados é de suma importância para o sucesso, assim como a conscientização das famílias que, em um momento de tristeza, proporcionam alegria e esperança para outros. Isso explica a diminuição na captação de órgãos neste ano. As explicações foram da profissional, Camila Luzia Damiana Chieratto, Enfermeira Responsável pela Comissão Intra Hospitalar de Transplantes ( CIHT ) da Fundação Padre Albino.
Já a Unimed, São Domingos enviou os seguintes dados: A Comissão Intrahospitalar de Doação de Órgãos e Tecidos (CIHDOTT) do Hospital Unimed São Domingos (HUSD) foi criada em 2002. Nos últimos cinco anos, foram realizadas seis cirurgias de captação de múltiplos órgãos, quatro delas em 2020. No total, foram captados 42 órgãos, além de ossos (uma única vez).
De acordo com a Aliança Brasileira pela Doação de Órgãos e Tecidos (Adote), mais de 30% das pessoas que esperam por um transplante de coração, por exemplo, morrem na lista de espera. O transplante de órgãos pode ser feito por doadores vivos ou mortos e, atualmente, mais de 80% dos transplantes são realizados com sucesso.

Ariane Pio
Da Reportagem Local