Cidades

Começa a Apresentação dos Profissionais do ‘Mais Médicos’ nos Municípios

Assine

Começou ontem (7) a apresentação dos profissionais do programa “Mais Médicos” nos municípios onde eles irão atuar. Na região, são seis cidades que estão aptas a receberem profissionais do programa. Essa é a segunda chamada do edital do “Mais Médicos”. No total, foram 2.549 vagas em 1.197 municípios e 34 Distritos Sanitários Especiais Indígenas (DSEI).

Os médicos com CRM em Catanduva também puderam participar da seleção. Eles têm até quinta-feira (10) para comparecerem no local de trabalho. Foram 1.707 profissionais inscritos. Santa Adélia, Ari­ranha, Palmares Paulista, Cajobi, Pindorama e Irapuã eram os municípios da região que contavam anteriormente com profissionais cubanos que deixaram o programa no final do ano passado.

“Aqueles que decidirem por não trabalhar no Programa devem informar a gestão municipal, que comunicará a desistência ao Ministério da Saúde. Ao término do prazo de apresentação, a pasta realizará um novo balanço das vagas. As vagas que não forem ocupadas serão recoladas no sistema, para que outros profissionais tenham chance de escolhê-las. Inicialmente, estão disponibilizadas 842 vagas em 287 municípios e 26 DSEI”, informa o Ministério da Saúde.

O programa “Mais Médicos” terá a próxima chamada entre os dias 23 e 24 de janeiro para os profissionais brasileiros que se formaram no exterior. Já entre os dias 30 e 31 de janeiro, será a vez dos médicos estrangeiros terem acesso ao sistema para escolherem os locais com vagas em aberto. “O Ministério da Saúde recebeu 10.205 inscrições de profissionais brasileiros e estrangeiros formados no exterior (sem registro no Brasil) dispostos a participarem do Programa. O prazo para o envio da documentação dos profissionais encerrou em dezembro de 2018 e estão em análise pela pasta”, finalizou o setor.

O Programa “Mais Médicos” faz parte de um amplo pacto de melhoria do atendimento aos usuários do Sistema Único de Saúde (SUS) e foi lançado em julho de 2013. Além da ampliação imediata da assistência em atenção básica, o programa prevê ações estruturantes voltadas à expansão e descentralização da formação médica no Brasil. Até 2018, foram criadas 11,4 mil novas vagas de graduação em Medicina e mais de 12 mil novas vagas de residência médica.

Cíntia Souza
Da Reportagem Local




Assine O Regional

Digital Mensal
R$21,30 / mês
  • Acesso total
  • Computador, Celular ou Tablet
Digital + Impresso(Sáb e Dom)
R$44,60 / mês
  • Acesso total
  • Computador, Celular ou Tablet
  • Jornal impresso aos sábados e domingos
Digital + Impresso (Ter a Dom)
R$70,50 / mês
  • Acesso Total
  • Computador, Celular ou Tablet
  • Jornal Impresso de terça a domingo
Digital Anual
R$189,40 / ano
  • Acesso Total
  • Computador, Celular ou Tablet
Digital Anual + ImpressoTerça a Domingo
R$614,10 / ano
  • Acesso Total
  • Computador, Celular ou Tablet
  • Jornal Impresso de terça a domingo