Início - Cinco Representantes De Bairros Foram Definidos Para Conselho De Saúde

Cinco Representantes De Bairros Foram Definidos Para Conselho De Saúde

Divulgação

O Conselho Municipal de Saúde (CMS) definiu novos representantes de bairros para fazer parte de sua composição. A definição dos indicados ao posto ocorreu ao longo da semana passada em bairros ‘sede’ de cada distrito: Solo Sagrado, Alpino, Glória, Gavioli e Nova Catanduva. As cinco vagas são destinadas a moradores de distritos diferentes da cidade e que já ocupavam cadeira efetiva nos conselhos locais de saúde, condição essencial para a participação na etapa de escolha. Em Catanduva, existem 24 unidades de saúde têm seu próprio conselho. Com isso, os novos conselheiros, que deliberavam somente sobre assuntos de seu território, passam a integrar o colegiado para tratar de questões que envolvam a cidade como um todo. Por meio da função, eles podem formular estratégias, votar pautas e fiscalizar a política de saúde, inclusive no aspecto econômico e financeiro. Os membros se organizaram entre si, seguindo normas de prevenção do novo vírus, respeitando o distanciamento, com uso de máscaras e limite de participantes e a disponibilização de álcool em gel. Representantes do Conselho Municipal de Saúde e da Secretaria Municipal de Saúde acompanharam as reuniões.
Os novos integrantes do CMS devem exercer a função de conselheiros no biênio 2020/22. A etapa deveria ser realizada antes, em abril, mas, por conta da pandemia, a comissão eleitoral decidiu adiar o pleito por 90 dias e, agora, deu aval para que as reuniões fossem concretizadas, dentro dos parâmetros de saúde.
A distribuição das vagas no Conselho Municipal de Saúde é paritária com o objetivo de manter o equilíbrio dos interesses envolvidos. São 25 vagas, divididas em três segmentos: 25% para membros do governo municipal/prestadores de serviço, 25% para trabalhadores da saúde e servidores municipais e 50% a serem preenchidas por usuários do Sistema Único de Saúde (SUS). Das 12 vagas direcionadas a usuários no CMS, especificamente, cinco devem ser preenchidas por membros com cadeira cativa nos conselhos distritais/locais. As demais são ocupadas por entidades e movimentos sociais, como Organizações Religiosas, Clubes de Serviços Sociais, Associações de Pessoas Portadoras de Deficiências ou Patologias, Entidades da Terceira Idade e Sindicatos Patronais.
Relação de escolhidos em cada distrito e respectiva área de abrangência:
Distrito 1: Solo Sagrado, Conjunto Euclides, Pachá e Bom Pastor com titular: Neolita Soncin, Suplente: Não houve interessado.
Distrito 2: Vila Sotto, Jardim Alpino, Santa Rosa, Monte Líbano e Pedro Nechar com titutar: Doraci Conceição Alves. Suplente: Carlos Verderio.
Distrito 3: Pq. Glória III, Vila Lunardelli, Nosso Teto, Jd. Vertoni e Jardim Salles com titular: Liomar Pedro Biela. Suplente: Nadir de Oliveira.
Distrito 4: Centro, Gavioli, Del Rey, Vila Santo Antônio e Theodoro Rosa Filho com titular: Fernando Figueroa Filho. Suplente: Edson Delduque
Distrito 5: Nova Catanduva, Gabriel Hernandes, Jardim Imperial e Pq. Flamingo com titular: Ângelo Bernardo. Suplente: Não houve interessado.
As vagas de suplente que ficaram desocupadas serão preenchidas, posteriormente, por membros de outros distritos.

Ariane Pio
Da Reportagem Local