Cidades

Cidades da Região São Contempladas Com Convênios Para o Turismo

O Governador João Doria assinou, nesta quinta-feira (5), 146 convênios no valor de R$ 120 milhões para financiar obras em 85 municípios com verba do Departamento de Apoio ao Desenvolvimento dos Municípios Turísticos (Dadetur). Quatro cidades próximas a Catanduva receberam verbas. Os recursos foram articulados pela Secretaria de Desenvolvimento Regional, responsável pelo relacionamento com os municípios paulistas.
“Fazer do turismo uma área inovadora, transformadora e de alta seriedade é o nosso objetivo no Estado de São Paulo. Peço aos prefeitos que usem os recursos para aquilo que gere empregos e oportunidades para a população. O turismo é a área que mais pode oferecer empregos, do mais simples ao que exige maior qualificação. São Paulo é o estado que gera mais empregos no Brasil, isso é fruto de trabalho e de um pensamento transformador”, afirmou Doria.
Obras como implantação de parque urbano, sinalização turística, revitalização de museu, ampliação de complexo aquático e construção de jardim botânico são alguns dos objetos de convênios assinados pelo Governo do Estado com prefeitos de 30 Estâncias e 55 Municípios de Interesse Turístico (MITs).
Nos municípios mais próximos, Olímpia fica com a maior fatia. R$ 3.890.233,37, para a remodelação do Recinto de Exposições e Praça de Atividades Folclóricas e Turísticas. Ibirá vem em segundo, com ampliação do Complexo Aquático, estimada em mais de R$ 1 milhão. Sales assinou dois convênios com o governo do Estado. Uma para a valorização Turística e Revitalização da Praça Matriz – Etapa II no valor de R$ 103.712,33 e a revitalização da via de acesso – Avenida Sebastião Batista Siqueira, R$ 129.203,82.
Programa de Crédito Turístico
Além dos convênios, Doria anunciou o lançamento do Programa de Crédito Turístico para viabilizar o acesso de empresas e municípios às linhas de crédito oferecidas por instituições parceiras.
A iniciativa, articulada pela Secretaria de Turismo e pela Desenvolve SP, conta também com a parceria do BNDES, Banco do Brasil e Caixa Econômica Federal. No total, haverá mais de R$ 1 bilhão em crédito disponível para financiamentos do setor, disponibilizados por meio de dezenas de linhas, com juros a partir de 0,17% ao mês e prazo de até 240 meses. Os financiamentos estão disponíveis para os setores público e privado.
“Do lado público, a oferta de crédito vem para complementar o orçamento dos municípios. Por outro lado, o programa é mais uma demonstração de que este governo busca criar condições para atuar junto com o setor privado no desenvolvimento do turismo”, disse o Secretário de Turismo, Vinicius Lummertz.
As linhas de crédito atendem construção, arenas multiuso, projetos de sustentabilidade ambiental, saneamento básico, iluminação pública, obras de infraestrutura viária, aquisição de máquinas e veículos novos, soluções tecnológicas, obras civis para reformas, modernização e ampliação dos prédios públicos. Mais informações sobre o programa e as linhas de financiamento estarão disponíveis em breve no portal .
Para Nelson de Souza, presidente da Desenvolve SP, incentivar o crescimento da economia, promovendo geração de mais emprego e renda para o estado, é o papel da instituição. “Somos o Banco do Empreendedor de São Paulo e, como tal, temos um papel estratégico a desempenhar, oferecendo crédito com taxas competitivas e longos prazos para que as micro, pequenas e médias empresas e os municípios possam crescer de maneira sustentável”, afirma.
Atração de investimentos
O Governo do Estado anunciou ainda a contratação da Investe SP para realizar um plano de atração de investimentos para o turismo paulista. Trata-se de um contrato baseado em objetivos estratégicos, que tem como escopo a prospecção de regiões e suas oportunidades na área de turismo e posterior captação de investimentos da iniciativa privada.
A ideia é mapear regiões e suas potencialidades, montan

Karla Konda
Editora Chefe