Cidades

Catiguá Abre Processo Seletivo Simplificado Para Monitores de Alfabetização

MPs fiscalizam escolas públicas do país para averiguar as instalações e o atendimento às crianças. Na foto, a Escola Municipal Professor Helena Lopes Abranches, em Gardênia Azul (Tânia Rêgo/Agência Brasil)

A Secretaria Municipal Da Educação De Catiguá abriu o edital para a seleção e constituição do banco de Assistentes de Alfabetização voluntários para o Programa Mais Alfabetização. As inscrições não serão cobradas taxa de inscrição. O Processo Seletivo Simplificado para Assistentes de Alfabetização voluntários será executado pela Secretaria Municipal da Educação de Catiguá com a participação da Comissão de Inscrição e Avaliação, se iniciou na segunda-feira (27) e vai até quinta-feira (30), de 8h às 11h e de 13h às 17h, na EMEF Serafim Sanches, situada a Rua José Serafim, nº 134.
A seleção destina-se ao preenchimento de vagas para Assistentes de Alfabetização voluntários do Programa Mais Alfabetização na EMEF Serafim Sanches do Município, selecionada e aprovada no PAR.
Serão considerados os Seguintes Critérios para a Seleção de Assistentes de Alfabetização voluntários: Ser brasileiro; Ter a idade mínima de 18 (dezoito) anos, no ato da inscrição; Ter, no mínimo, formação de nível médio completo; Possuir habilidade comprovada na atividade de apoio à docência ou estar cursando os anos finais do curso de pedagogia.
No ato da inscrição o candidato deverá entregar os seguintes documentos: Ficha de inscrição devidamente preenchida, com todos os dados solicitados, sem emendas e/ou rasuras; e Fotocópias nítidas, em envelope lacrado e identificado conforme anexo ii dos seguintes documentos: I – Carteira de Identidade (frente e verso); CPF; Certidão de Nascimento e /ou Casamento; Comprovante de residência; Diploma (para candidatos graduados ou Históricos atualizados e comprovantes de matrícula de instituições de ensino superior, quando se tratar de estudante universitário).
O Programa Mais Alfabetização tem o objetivo de fortalecer e apoiar as unidades escolares no processo de alfabetização, para fins de leitura, escrita e matemática, dos estudantes nos 1º e 2º anos do ensino fundamental.
Poderão participar do processo seletivo candidatos com o seguinte perfil: Pedagogos licenciados sem vínculo com o serviço público; Estudantes de graduação em pedagogia, cursando 3º e/ou 4º ano; Profissionais com curso de magistério em nível médio.

Ariane Pio
Da Reportagem Local