Cidades

Catanduvenses São Premiados No Concurso ‘Um Olhar Sobre Catanduva’

‘A Praça e os Ipês’ foi uma das obras contempladas (Silvia Aparecida Meismith)

Três catanduvenses foram premiados no Concurso “Um Olhar Sobre Catanduva”, da Prefeitura Municipal. Conforme constava no regulamento, eles receberam prêmios em dinheiro e terão os trabalhos expostos na Pinacoteca Municipal João Nasser – antigo Castelinho – até o dia 26 de outubro. A competição contou com 15 participantes e 37 fotografias.
De acordo com as informações divulgadas pela Secretaria de Cultura à pedido da reportagem de O Regional, quem conquistou o primeiro lugar foi o fotógrafo amador Alexandre Rogério Vicentim, com a obra “Estação Ferroviária”. A imagem foi registrada no período noturno, na antiga Estação Ferroviária e o catanduvense captou um detalhe que chama atenção do observador: a luz do trem no momento em que passa pelos trilhos.
Silvia Aparecida Meismith conquistou o segundo lugar. A obra “A Praça e os Ipês” traz a beleza da florada nos Ipês pelos principais pontos da Cidade Feitiço. Já o terceiro lugar ficou por conta da catanduvense Iara Lima Zuloto de Figueiredo. A obra de Iara, intitulada “Uma Via de Mão Dupla” traz a beleza de Catanduva vista de um dos principais pontos da cidade. Ambos receberam troféu e premiação de R$ 600, R$ 500 e R$ 400 em dinheiro, respectivamente.
Em entrevista ao Jornal O Regional, Silvia Aparecida Meismith, segunda colocada, falou sobre a satisfação de poder apresentar seu trabalho à sociedade. “Sempre gostei de fotografar nossa Catanduva. Desde 2011 faço fotos da cidade, principalmente dos Ipês que são o símbolo daqui. Em uma tarde, quando passei pela Praça, vi que o cenário estava maravilhoso com as flores dos ipês no chão, como se fosse um tapete. Então, escolhi um ângulo, a fim de que quem observasse a foto, identificaria o local. Fiquei muito feliz com a premiação, foi muito significativa para mim”, confessou a catanduvense.
O concurso “Um Olhar Sobre Catanduva” teve o objetivo de revelar o talento de fotógrafos amadores, ao mesmo tempo em que homenageia a cidade em seu Centenário. A ocasião foi oportuna para que os participantes tivessem a chance de trazer à tona a sua veia artística, revelando pelo seu olhar aquilo que de mais belo encontra na Cidade Feitiço. As fotografias foram inéditas, nunca publicadas em outro concurso.
Aqueles que quiserem conferir os trabalhos podem comparecer à Pinacoteca, de segunda a sexta-feira, das 8 às 17 horas e, aos sábados, das 9 às 13 horas. As visitas também podem ser feitas em dias e horários especiais, de acordo com a necessidade de grupos interessados. Nesse caso, o agendamento deve ser feito pelo telefone (17) 3522-4815.

Da Reportagem Local