Início - Catanduvenses Esperam Gastar Até R$ 20 Neste Dia Das Mães

Catanduvenses Esperam Gastar Até R$ 20 Neste Dia Das Mães

Neste Dia das Mães, comemorado no dia 12 de maio, quanto você poderá gastar no presente da sua mãe? – Foi essa a enquete realizada pela equipe de O Regional. Desde o dia 27 de abril o catanduvense pôde escolher a opção que mais se encaixava no perfil e no bolso de cada um. As alternativas davam a opção de votar em quatro faixas de preço diferentes, e a vencedora foi a que apresentava o menor valor.
A maioria dos que interagiram na enquete escolheu a primeira opção, que sinalizava que eles gastariam de R$ 0 a R$ 20 com o presente de Dia das Mães. Apesar de não ter constituído maioria, a terceira opção, que apresentava escolha de R$ 51 a R$ 100, também obteve número próximo ao do vencedor. “Isso se não acontecer um imprevisto, porque a vida do brasileiro está difícil. Hoje, nós fazemos um orçamento de gasto e estipulamos por mês”, ressaltou o leitor Fernando Santos.
Na publicação, também havia a opção de dar uma resposta mais particular por meio de um comentário. Isso foi o que fez a Andréa Magalhães: “O maior presente é você ter caráter e princípios, isso que uma mãe quer de seu filho. Esse é o maior presente para ela”.
“Infelizmente, não tenho mais mamãe, mas pra minha sogra, não faltará uma lembrança, sempre algo que eu mesma faço!”, finaliza Rita Cassia Mauricio, em depoimento.

Resultado controverso
de 2018
O resultado para o comércio a respeito das vendas de Dia das Mães do ano passado dividiu opiniões entre o Sindicato do Comércio Varejista e o presidente da Associação Comercial e Empresarial de Catanduva. O Presidente do SINCOMÉRCIO, Ivo Pinfildi Júnior, falava em bom índice de vendas, enquanto Fernando Alves de Souza citava que a estimativa não foi superada, apesar de não sofrer queda.
Enquanto isso, o indicador do Serasa Experian cita como o melhor desempenho do comércio nos últimos cinco anos. Isso em todo o país.

Vendas
Em contramão ao desejo dos catanduvenses (que pretendem gastar pouco), a ACSP – Associação Comercial de São Paulo estima que a data comemorativa deva elevar o movimento de vendas do varejo da capital paulista em até 2%, se levarmos em consideração os dados do mesmo período de 2018. “É um ritmo fraco, o mesmo que o comércio tem apresentado em geral. A base forte do ano passado contribui para o resultado, já que em 2018 as vendas de Dia das Mães se misturaram com aquelas relacionadas à Copa do Mundo (sofás e TVs, por exemplo)”, diz o economista da ACSP, Marcel Solimeo.
Sendo clara no cidadão catanduvense, o economista explica que a confiança do consumidor em baixa e o pouco crédito à pessoa física são alguns dos obstáculos para o varejo atualmente “Se as lojas alargarem os prazos de parcelamento e fizerem ofertas atrativas, os consumidores podem gastar um pouco mais nesta que é a data comercial mais importante do primeiro semestre”, relatou.

De Reportagem Local