Catanduva Pode Arrecadar R$ 70,3 Milhões com o IPTU de 2020

Catanduva poderá arrecadar em 2020, R$ 70,3 milhões com os valores pagos pelos contribuintes do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU), cujos carnês começam a ser distribuídos na próxima semana. Apesar do montante (valor lançado de cobrança), a administração trabalha com um índice de 29,5% de inadimplência, o que reduziria a arrecadação para aproximadamente R$ 50 milhões. Neste ano, houve um aumento no número de imóveis registrados em Catanduva. No ano passado, foram emitidos 66,7 mil carnês de IPTU. Neste ano, 67,5 mil imóveis receberão a cobrança.
Como consequência no aumento no número de imóveis, a arrecadação estimada também é maior. Em 2019, incluindo a taxa de inadimplência, a prefeitura recebeu em torno de R$ 44 milhões com o imposto anual. Os valores obtidos por meio do programa de parcelamento de débitos com descontos de juros e multas realizados até dezembro passado não são inseridos nesta conta, já que tratavam de acordos para dívidas ocorridas até o final de 2018.
O IPTU neste ano terá o reajuste de 3,27% como atualização monetária anual e 10 mil imóveis, além da porcentagem de inflação, verão valores do imposto mais alto, segundo a prefeitura, por ampliações não informadas pelos contribuintes.
O vencimento da parcela única será nos dias 11 e 12 de fevereiro, com desconto de 10% ao contribuinte. Quem optar pelo parcelamento, terá o valor total dividido em 10 vezes. “Eventual aumento do IPTU nesses imóveis não será porque houve aumento do imposto na cidade, mas devido ao aumento de área ou alteração de padrão construtivo. Portanto, o valor do imposto – que era cobrado a menor –, agora será corrigido com base na realidade”, explica Solange Variani Fonseca, secretária de Finanças.
O contribuinte poderá solicitar a análise de eventuais divergências. Para isso, a partir da segunda-feira, dia 13, deverá acessar o site http://portalgeo.catanduva.sp.gov.br, identificar seu lote no mapa e fazer o apontamento clicando na opção “Denunciar Inconsistência”, utilizando a senha constante no verso da capa do carnê.

Karla Konda
Editora Chefe