Cidades

Capoeirista Catanduvense Coleciona Títulos e Fala Da Importância Da Bolsa Atleta

Atualmente são cinco as categorias de bolsa oferecidas: Atleta de Base, Estudantil, Nacional, Internacional e Olímpico/Paraolímpico. Os beneficiados pela Bolsa Atleta recebem a ajuda durante um ano. O dinheiro é depositado em conta específica do atleta na Caixa Econômica Federal. A prioridade é para atletas de esportes que compõem os programas dos Jogos Olímpicos e dos Jogos Paraolímpicos. Em seguida, o benefício se destina a atletas de modalidades chamadas não olímpicas (que compõem o programa dos Jogos Pan-americanos, Jogos Abertos, Jogos Regionais e outras).
Em entrevista com atleta catanduvense Dieison Fernando Custódio, conhecido na capoeira como Furacão Muzenza. Desde 2002, que foi o início da participação da modalidade Capoeira nos Jogos Regionais e Abertos, vem participando das competições e representando nossa cidade de Catanduva.
O atleta representa a nossa cidade em outras competições também na modalidade capoeira e lutas. Nos Jogos Regionais ele ganhou 16 medalhas para Catanduva sendo 12 de ouro, acumulando também muitos títulos em outras competições famosas.
Os principais títulos desses campeonatos, na categoria Campeão Mundial de Capoeira Fight e Vice Campeão Mundial de Capoeira Técnica. Além disso, Dieison foi duas vezes Vice-Campeão Mundial e um terceiro lugar entre todas as Artes Marciais no Mundial de Artes Marciais na Coreia do Sul.
“Furacão” disse que no inicio nem sempre existiu bolsa atleta em Catanduva e mesmo assim já participava das competições representando nossa cidade, sempre investindo do próprio bolso e ajuda da família, muitas dificuldades e muitas lutas, com muito amor ao esporte.
“Assim que foi implantada a Bolsa Atleta em nossa cidade, foi uma grande ajuda para melhorar a qualidade dos treinos podendo assim investir em suplementos alimentares uniformes e outras coisas necessárias para o atleta. É claro que não é um salário para se viver ou sustentar a vida de ninguém, mas mesmo sendo pouco, já ajuda para eu ter melhores resultados nas competições e, além disso, todos os atletas gostam de ser reconhecidos e ter suas glórias e isso é muito importante para o incentivo, conquistando assim melhores resultados” terminou o atleta.
O campeão catanduvense espera que um dia a bolsa atleta possa ser o suficiente para manter o atleta, e assim manter um treino de período integral para poder competir em nível de grande padrão e trazer muitos títulos à cidade e até ao país.

Ariane Pio
Da Reportagem Local

Adicionar comentário

Clique aqui para comentar

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

/* ]]> */