Cidades

Campanha Setembro Amarelo Consegue Salvar Jovem Do Suicídio

Aconteceu no último sábado (14) o Setembro Amarelo Catanduva que foi um grande evento de conscientização acerca de Depressão e do Suicídio. O evento reuniu mais de mil pessoas e 55 foram atendidas realizando consulta pelos psicólogos (um a um na estação fala que eu te escuto).
Segundo Marina Toscano, psiquiatra e uma das idealizadoras do evento contou que 160 pessoas responderam ao teste de depressão, e estão em análise ainda, sendo que mais da metade com possível quadro de depressão e risco de suicídio.
“Como tínhamos 20 psicólogos, um deles atendeu uma moça com quadro bem critico que já havia escrito uma carta de despedida para cometer o ato, mas devido a consulta ela mudou de ideia e continuará a ser atendida. Estou muito feliz pois conseguimos salvar uma vida que com certeza muito importante para família dela”, finaliza a psiquiatra.
O evento foi totalmente gratuito e sem fins lucrativos contou também com distribuição de 10 mil panfletos educativos, distribuição de mil botons com o tema da campanha, de mil caixinhas com balinhas com o tema da campanha, de mil bombons de embalagem amarela com mensagens anti-suicídio, de mil picolés amarelos, de 500 bexigas personalizadas para as crianças, pipocas, guaraná, água.
Houve também uma homenagem na escadaria da igreja da Matriz com os 90 sapatos de pessoas que representou a morte por depressão com rosas amarelas para causar um choque nas pessoas e para que elas refletissem sobre o problema.
A equipe era composta por três psiquiatras, 20 psicólogos, dois nutricionistas, um fisioterapeuta, um educador físico, dois biomédicos e mais de 25 alunos da Liga de NeuroPsiquiatria da Faculdade de Medicina da cidade. Eles abordaram as pessoas que nos visitaram para orientar sobre diversos temas.
Dráuzio Varella acabou gravando um vídeo para apoiar a causa e mostrar que a campanha contra a depressão, com certeza um grande incentivador para um saldo positivo da ação em Catanduva.

Ariane Pio
Da Reportagem Local