Cidades

Campanha do Agasalho do Fundo Social Arrecada Mais de 30 Mil Peças

Roupas passam por uma triagem e são encaminhadas para famílias carentes da cidade
Karla Sibro
Da reportagem local
O Fundo Social de Solidariedade de Catanduva arrecadou mais de 30 mil peças. A campanha ainda continua na cidade e a população tem mais de 200 pontos de coleta distribuídos para colaborar com a ação. O objetivo é ajudar famílias carentes com a doação de roupas e acessórios de frio. Podem ser doadas mantas, cobertores, roupas, calçados, dentre outros itens.
A campanha deste ano tem como tema: “Você não acha que tem roupa demais? Neste inverno, doe roupas boas para quem mais precisa”, e conta também com a história em desenho animado de “Malu Moleton – Uma História para Aquecer a Todos”.
Conforme informações da presidente do Fundo Social de Solidariedade Roseli Colombo, todas as roupas doadas passarão por uma triagem e serão separadas por masculinas, femininas, infantis e acessórios.
“Às vezes as pessoas tem em casa, roupas sem ser de frio, acessórios, utensílios domésticos, móveis e não usam mais. É só ligar para nós que vamos buscar. O ano inteiro o Fundo Social atende famílias carentes que sempre estão precisando de alguma coisa. Móveis também é muito procurado e às vezes a pessoa tem em casa um colchão, ou um fogão, geladeira que não usa mais e não sabe para quem dar. Então é só nos ligar que vamos buscar e doar para as famílias que precisam”, ressalta Roseli.
Em 2015, a campanha arrecadou mais de 80 mil peças que foram destinadas as famílias carentes. 
“Os agasalhos e roupas recolhidas foram de suma importância para as famílias, pois pudemos atender todos aqueles que procuraram pelo Fundo Social, além de vários eventos de distribuição em bairros de Catanduva. Estamos com uma equipe que fará toda a triagem das peças recebidas, para que as mesmas cheguem às mãos das pessoas com boa qualidade e assim possam ser bem aproveitadas”, diz Roseli.
CAMPANHA DO AGASALHO 2016
A campanha tem por objetivo atender toda a população carente, dentre eles: entidades assistenciais, asilos, comunidades, creches, escolas e população no geral.