Cidades

Bancos de Catanduva Divulgam Alteração no Horário de Atendimento

Divulgação

Em decorrência da escalada pandemia causada pelo coronavírus (COVID-19), as agências bancárias de Catanduva divulgaram alterações no atendimento aos clientes adotando medidas de prevenção contra o novo vírus.
A Caixa Econômica Federal divulgou no último domingo, dia 22, que fechará suas portas para o atendimento ao público e vai focar sua atuação no pleno funcionamento da sala de autoatendimento, com abastecimento de numerário e processamento de depósitos. O atendimento presencial no interior das agências será somente para saque de INSS/seguro desemprego/seguro defeso/abono salarial/FGTS para quem não possui cartão e senha, ou tenham que efetuar o desbloqueio de cartão e senha da conta. As agências iniciarão o expediente com uma hora de antecedência para atender os clientes do grupo de risco que precisem realizar os serviços necessários à sobrevivência da população, considerados essenciais conforme previsão do decreto 10.282/2020.
O Bradesco anunciou, na segunda-feira (23), também uma alteração no horário de atendimento de suas agências bancárias. O atendimento prioritário será das 9h às 10h e atendimento normal das 10h às 14h. “A medida veio após reivindicação do movimento sindical, visando diminuir a exposição dos bancários ao contágio pelo vírus e preservar a saúde e segurança dos trabalhadores e da população que utiliza os serviços”, destacou o secretário geral do Sindicato dos Bancários de Catanduva e Região, Júlio César Trigo.
O Banco Santander vai reduzir em duas horas o horário de atendimento nas agências. As unidades funcionarão das 10h às 14h com o objetivo de reforçar a segurança de clientes e funcionários. O acesso de clientes no interior das agências será controlado com um grupo de 10 a 20 pessoas por vez, como forma de garantir uma distância mínima de um metro entre todos. Também haverá atendimento em horário especial para grupo mais vulnerável à doença, das 9h às 10h.
“É válido ressaltar, ainda, o quanto é fundamental que a população respeite o contingenciamento e isolamento social orientado pelo Ministério da Saúde. Evite ir às agências físicas. Vá aos bancos apenas em caso de extrema necessidade”, finalizou Júlio.

Myllaynne Lima
Da Reportagem Local

%d blogueiros gostam disto: