Início - Apreensões de cocaína crescem mais de 90% em um ano no estado de São Paulo

Apreensões de cocaína crescem mais de 90% em um ano no estado de São Paulo

Segundo dados da Secretaria de Segurança Pública, as apreensões de cocaína cresceram mais de 90% no estado de São Paulo em um ano. De acordo com os dados divulgados a Polícia Civil e Militar aprenderam 33,8 toneladas de cocaína entre janeiro e outubro deste ano. No mesmo período de 2018, o total apreendido foi de 17,7 toneladas, ou seja, um aumento de 90,9%.
De acordo com o delegado Adilson Aquino, da Divisão de Combate a Entorpecentes do Denarc (Departamento de Narcóticos da Polícia Civil), o dado mostra um aumento da eficiência da polícia no combate ao tráfico e afirma que o fato de a principal facção criminosa paulista controlar a produção de droga em algumas partes de países como Bolívia e Paraguai tem impacto no crescimento da quantidade de droga apreendida.”
A maconha normalmente é vinda do Paraguai, e a cocaína é vinda da Bolívia, que são os abastecedores desse mercado interno brasileiro e também até do mercado externo, de uma rota de tráfico que vai pro mercado europeu, mais precisamente a cocaína. Nós usamos muito o nosso setor de inteligência no combate, a parte tecnológica também é utilizada, apertamos o combate ao crime organizado com ações que visam a lavagem de dinheiro à repressão a essas organizações criminosas, isso daí tudo tem contribuído pra que a gente tenha aumentado a nossa apreensão”, destacou.
Entre janeiro e outubro de 2019 também foram apreendidas 102,5 toneladas de maconha e 1.600 kg de crack. A estimativa da SSP é que toda a droga apreendida nesse período seja avaliada em R$ 450 milhões.

Myllaynne Lima
Da Reportagem Local