Cidades

Aberta consulta pública do texto da proposta de estatuto dos Escoteiros do Brasil

Os Escoteiros do Brasil vêm por meio de consulta pública colocar o texto da proposta de estatuto discutida na Assembleia Nacional de 2019, realizada na cidade de Brasília-DF. A ideia é de ampliar as oportunidades de escuta e reflexão sobre o novo estatuto da instituição.
A participação de todos os associados e associadas dos Escoteiros do Brasil é amplamente estimulada pelo Conselho de Administração Nacional, discutindo com suas regiões quais suas ideias e pensamentos para que o melhor resultado seja atingido. A presença nas discussões não são obrigatórias, de qualquer forma todas as opiniões serão levadas em consideração.
Para deixar o conjunto de sugestões e contribuições mais organizado, poderá ser apresentado três tipos de propostas, que são: Emenda supressiva caso queira sugerir a eliminação de determinado artigo, parágrafo ou inciso; Emenda modificativa caso queira sugerir a modificação da redação de determinado artigo, parágrafo ou inciso, situação em que você deve propor o novo texto; ou Emenda aditiva caso queira sugerir a inclusão de novo artigo, parágrafo ou inciso, situação em que deve propor o novo texto.
Neste primeiro momento não é preciso concordar ou rejeitar esse processo, já que o processo de votação do texto da proposta será feito, primeiramente, por membros da Estatuinte, que representarão todas as regiões. Logo após, para adoção do Estatuto, a votação acontecerá por meio dos delegados escolhidos por cada região, e ocorrerá durante a Assembleia Nacional de 2020.
Para participar da pesquisa, basta acessar o Sigue/Paxtu até às 23:59h do dia 31/12/2019, horário de Brasília. Após esta data limite, não será mais possível enviar as sugestões por este meio.

Myllaynne Lima
Da Reportagem Local