Início - À SOCIEDADE CATANDUVENSE
Cidades

À SOCIEDADE CATANDUVENSE

É justo afirmar que o planeta está passando por grandes mudanças, seja na parte geofísica, geopolítica e, principalmente, nas estruturas religiosas. Ano passado diziam as vozes hierofantes: o ano de 2020 será muito difícil para toda a humanidade. De certa forma é um tema recorrente principalmente na política em cujos bastidores cumprem-se os ditames dos mais fortes. E eis que o “dito” se comprova num formato estarrecedor pondo a nocaute povos e nações. E saber que a falácia impositiva do “medo” é a guardiã das hostes malignas a desequilibrar o emocional da humanidade e, consequentemente se alojar nas células do corpo físico produzindo gritantes males. É isso. E haja máscaras. Maldita imposição da máscara. Maldita multa. E que se proíba a cloroquina. Maldita proibição. Bendita cloroquina. Maldito Mandeta com o “fique em casa, a economia a gente vê depois”. Maldita Organização Mundial da Saúde. Maldita ONU. Maldita Nova Ordem Mundial. Malditas ONGs invasoras da Amazônia. Malditos partidos políticos. E tem sido assim. E o que falar do povo, do cidadão desta bela Pátria que é sim a mais rica de todas as nações?! Ah! O povo não quer informação, conhecimento que liberta e promove o bem comum. O povo gosta de novela, futebol e carnaval. Com as devidas exceções é o que ocorre. Penso que passou da hora de darmos um basta em tanta bandalheira, em tanta malversação do dinheiro público, em tanto cinismo, em tanta ousadia, pois são sempre os mesmos falando do mesmo. E é sempre a conversa tola, enfadonha e desprovida de conteúdo. Inúmeros candidatos incompetentes buscando um refúgio na política. Catanduva é o ancoradouro de impertinentes políticos a desgastar os cofres públicos e temos agora que separar política de religião, democracia de comunismo, competência de incompetência. Para referendar o título acima falemos dele, do padre Osvaldo, o homem que tem o pé direito no PSDB de Geraldo Vinholi que é o presidente do partido local e que priorizou como vice Claudio Romagnolli. Todos eles estão unidos com João Dória que está mancomunado com o Partido Comunista Chinês. É crível que o eleitor esclarecido saiba que o pé esquerdo do pretenso santo padre não está na parte boa da Igreja. Ele já erra em ser candidato fazendo da Igreja um palanque político e, pior ainda, comandado por essa gente. Convenhamos cidadãos catanduvenses: é muita ousadia, tanto do padre quanto do Senhor Geraldo Vinholi, em tentarem botar goela abaixo do eleitorado tão sórdida proposta. Temos que reconhecer que as trevas intentam a tudo e a todos e é preciso refletir e agir com determinação nos caminhos do bem comum para impedir que o mal cresça ainda mais. Chega de sermos comandados. Podemos sim ter uma Catanduva melhor e isso depende das nossas escolhas. Sejamos decididos, esqueçamos rótulo religioso, unamo-nos na fé em Deus e afirmemos: ninguém me porá cabresto, ninguém me fará de idiota, pois eu sou uma centelha divina e posso comandar os meus passos. Catanduva acima de tudo e Deus acima de todos.

José Luiz Ferreira
contabilista e poeta. Email: jlmirria@gmail.com – Procontabil Assessoria Empresarial Ltda.

*ARTIGOS ASSINADOS NÃO REFLETEM A OPINIÃO DO JORNAL O REGIONAL