Início - 550 Sonhos São Tirados do Papel na Campanha ‘Papai Noel dos Correios’
Cidades

550 Sonhos São Tirados do Papel na Campanha ‘Papai Noel dos Correios’

ENTREGAS dos presentes em Catanduva já começaram (Divulgação/Correios)

550 sonhos foram tirados do papel na campanha ‘Papai Noel dos Correios’ em Catanduva. O catanduvense que ainda tiver interesse em atender um pedido especial neste Natal deve ir até os Correios ainda hoje (14). Termina nesta sexta-feira o prazo para adotar uma das 220 cartinhas que aguardam um padrinho ou madrinha. Dentre os pedidos estão bonecas, bolas e carrinhos.
A assessoria de imprensa dos Correios informa que a sensibilidade de cada criança é vista na forma de escrever cada cartinha.
“Os pedidos mais comuns são de brinquedos como bonecas, bolas, carrinhos, além de material escolar, roupas. O que mais chama a atenção é a forma como as crianças escrevem as cartinhas, contando suas histórias, sonhos e desejos”, informa.
Para manter a magia do Natal, os presentes são entregues pelos carteiros, mas todos vão em nome do Papai Noel.
“Os presentes referentes à Campanha ‘Papai Noel dos Correios’ são recebidos na agência dos Correios de Catanduva e incluídos para entrega no próprio fluxo postal da unidade. Portanto, os próprios empregados (carteiros) realizam a entrega para as crianças em nome do Papai Noel. Não é permitida a entrega direta do presente pelos padrinhos e, para assegurar a observância desse critério, o endereço da criança não é informado. Além de ser uma forma de preservar a identidade das crianças, é uma forma de manter a magia do Natal, pois para a criança, a figura do Papai Noel está por trás dessa entrega tão especial”, explica.
No interior paulista 117.352 cartas foram selecionadas e, até o momento, 59.590 foram adotadas. Exatas, 57.762 cartinhas ainda aguardam para serem adotadas.
Além das cartas das crianças, da sociedade que escrevem diretamente ao Papai Noel, participam da campanha estudantes das escolas da rede pública (até o 5º ano do ensino fundamental) e de instituições parceiras, como creches, abrigos, orfanatos e núcleos socioeducativos. “Desde 2010, os Correios estabeleceram essas parcerias a fim de trabalhar ações como o desenvolvimento da habilidade da redação de carta, o endereçamento correto e o uso do CEP”, diz.
As entregas dos presentes em Catanduva já começaram desde o último dia 10.

Karla Sibro
Da Reportagem Local