Início - 3ª Pesquisa de Clima Empresarial LIDE Noroeste Paulista Mostra Expectativa de Crescimento
Cidades

3ª Pesquisa de Clima Empresarial LIDE Noroeste Paulista Mostra Expectativa de Crescimento

https://pt.vecteezy.com/

Na 3ª Pesquisa de Clima Empresarial LIDE Noroeste Paulista, realizada entre 18 e 24 de maio de 2021 com 87 empresários (sócios, CEO e alta direção) da região, 64,37% disseram que as receitas de suas empresas neste ano serão superiores na comparação com 2020.
A Pesquisa de Clima Empresarial realizada pelo LIDE Noroeste Paulista tem o apoio da Didáctica e auditoria da Award Auditores Independentes. O índice segue a tendência da última pesquisa, feita em dezembro de 2020, quando 66,25% dos participantes indicaram que as empresas estavam com receitas maiores do que em 2019, mesmo com a pandemia.
Questionados sobre a situação atual dos negócios, 81,61% apontaram que as empresas estão iguais ou melhores do que no último ano. Ainda de acordo com a pesquisa, 59,77% dos entrevistados acreditam que seus negócios serão normatizados até o final desde ano e 94,25% vão manter ou contratar novos empregados.

A vilã do crescimento – Para 48,28% dos entrevistados, a carga tributária é a principal vilã para o crescimento das empresas. Desde o início da Pesquisa de Clima Empresarial, a carga tributária é o fator mais apontado pelos entrevistados como o motivo maior que trava o crescimento dos negócios, sendo a resposta de 40% na pesquisa anterior e 38,40% no primeiro levantamento.

Saúde – A crise internacional da saúde, relacionada a pandemia de Covid-19, é o principal tema que preocupa 31,03% dos entrevistados no cenário econômico. Na sequência da pesquisa foram citados os cenários político e as reformas (tributárias, administrativas, etc) para 28,74% dos entrevistados, respectivamente.

Vacina – Sobre a vacinação para todos os brasileiros, 55,17% responderam que toda a população será vacinada até o final do primeiro semestre de 2022. Outros 22,99% acreditam que até o final deste ano e 21,84% dos empresários disseram que a vacina chegará para todos os brasileiros até o final do segundo semestre de 2022.

Ariane Pio
Da Reportagem Local