Convenção das bruxas

Cine Clássico 

Convenção das bruxas 

Um garotinho de 10 anos, Luke (Jasen Fisher), que mora com a avó, viaja com ela para um hotel na Inglaterra, no alto de uma montanha. O menino descobre que o local irá abrigar em poucos dias uma convenção de bruxas. Ele se infiltra na reunião e acaba presenciando um outro garoto virar rato pelas mãos da chefe das bruxas, a maquiavélica senhorita Eva Ernst (Anjelica Huston). Luke tenta fugir, mas acaba pego e também vira um ratinho. Ele parte para uma incrível jornada para destruir as medonhas bruxas da convenção.  

Talvez o filme mais famoso de bruxas, exibido na TV uma porção de vezes, mas que na época do lançamento fracassou nos cinemas. Virou cult com o home video e ainda fascina pela sua história de fantasia e aventura, com humor e uma performance arrebatadora de Anjelica Huston, uma das grandes atrizes do cinema mundial. Chama a atenção a maquiagem das bruxas, um espetáculo à parte, além dos fantoches feiosos de Jim Henson, o criador dos 'Muppets' e de 'O cristal encantando' (ele morreria prematuramente aos 53 anos um mês antes da estreia do filme, em maio de 1990). 

Veio das páginas do livro de Roald Dahl, o mesmo escritor da obra literária que originou 'A fantástica fábrica de chocolates' (e que também faleceu em 1990), e no meio do clima de magia tem até toques de terror (pela própria concepção da trama, de um garoto que vira rato e tem de destruir bruxas monstruosas). Recebeu indicação ao Bafta de melhor maquiagem, merecidamente (uma maquiagem difícil e pesada, que demorava oito horas para transformar Anjelica na Grande Bruxa). 

Voltado para toda a família se deliciar, é um filme querido e faz parte do imaginário de muitos, dirigido por Nicolas Roeg, de 'Inverno de sangue em Veneza'. Conta com participação especial de Rowan Atkinson como o gerente do hotel, que pouco tempo depois eternizaria seu papel mais famoso na TV, Mr. Bean, e da veterana sueca Mai Zetterling (como a avó de Luke, uma senhorinha com um segredo a revelar e que vive contando ao menino contos fabulosos sobre bruxas da região). 

Em 2019, o filme saiu em DVD pela Classicline, porém com cortes e uma imagem ruim, vinda de uma matriz sem qualidade, o que causou indignação nos colecionadores e fãs do filme. Tanto que eles exigiram o filme em HD, o que a Classicline conseguiu agora. Essa versão recente é em bluray, de disco simples, sem extras (uma pena), no entanto a qualidade de imagem e som está de arrebatar. A caixa é com luva, inclui pôster oficial, livreto de 12 páginas e três cards, além da capa dupla. Outra novidade são as duas dublagens (a clássica da TV brasileira e uma redublagem). Um filme para ver e rever sempre – e descartem o infeliz remake de Robert Zemeckis com Anne Hathaway, de 2020. 

Convenção das bruxas (The witches). EUA/Reino Unido, 1990, 91 minutos. Aventura. Colorido. Dirigido por Nicolas Roeg. Distribuição: Classicline (DVD e Bluray)

Autor

Felipe Brida
Jornalista e Crítico de cinema. Professor de Comunicação e Artes no Imes, Fatec e Senac Catanduva.